Minha Priminha Desde Novinha (7º Capitulo)

Um conto erótico de Diego Karioca
Categoria: Heterossexual
Data: 03/04/2009 11:04:26
Última revisão: 05/12/2009 21:12:10
Nota 9.12

Aquela boquinha nervosa estava numa sucção que dava gosto de ver e estava me dando muito prazer também. Da Carol só dava pra ouvir os barulhos típicos de boquete, os estalos de beijo que ela dava na cabeça do meu pau e também no saco e que de certa forma quando ela me dava um beijo no saco chegava a dar uma leve dorzinha, que na verdade só aumentava o meu prazer.

A garota pincelava a língua por toda a cabeça de um jeito meio cadenciado e depois acelerava os movimentos. Dessa vez era eu que estava me segurando nas bordas do colchão, cada chupada que a Carol me dava parecia que ela estava sugando a minha alma.

Avisei que estava muito próximo de gozar, ela não falou nada e continuou no seu boquete, quando ela percebeu e sentiu o meu pau pulsar anunciando o gozo, ela enfiou o meu pau no máximo dentro da boca e ficou fazendo movimentos apenas pra sugar a minha porra, como quem faz com um canudo no refrigerante. Passei as minhas mãos para a cabeça da Carol e comecei a jorrar meu leite em sua boquinha, conforme saía porra, ela ia engolindo e sugando. As minhas mãos forçavam a cabeça da Carol cada vez mais ao encontro do meu pau, logo após o êxtase do gozo eu percebi isso e retirei as minhas mãos que já estava quase sufocando a menina, seguido da Carol que também retirou a boca do meu pau e me olhou com um olhar de vitória e satisfação, depois ela ficou fazendo uma espécie de inspeção em meu pau, procurando vestígios de porra.

Carol mais uma vez me surpreendeu e com uma mão ela apertou a cabeça do pau, fazendo com que o orifício da uretra se abrisse, pra logo em seguida ela ficar passando a língua talvez esperando sair mais um pouco de leite. Como não saiu mais nada, ela subiu em cima de mim e me tascou um beijo de tirar o fôlego, daí ela foi se ajeitando e dava pra sentir aquela bucetinha toda melada passando pela minha barriga movimentando-se pra cima e pra baixo me deixando todo melado. Ela falava bem perto da minha orelha, Primo tu é muito gostoso, vou acabar ficando muita safada morando aqui com vocês. Carol foi descendo com beijos pelo pescoço abaixo e se movimentava pra baixo também, conforme ela ia me beijando, logo senti a sua bunda maravilhosa tocar em meu pau que permanecia duro. Carol percebeu e foi descendo até conseguir colocar a sua bucetinha roçando em meus pentelhos e com o meu pau estacionado no meio das pernas. Só que a Carol não levantava o seu corpo, continuava deitada em cima de mim, beijando o meu peito e com a bucetinha colada em meu pinto. Se ela levantasse o quadril e forçasse o encontro da sua bucetinha com o meu pau, seria inevitável a penetração. Pus a mão em meu pau e o coloquei todo pra cima, deixando ele deitado em direção ao meu umbigo, Carol percebeu e pos a sua bucetinha certinha nele, quando a racha se encaixou no pinto, ela começou os movimentos de sobe e desce, mais parecido com uma esfregação em meu pau, conforme ela sentia as sensações, ela me dava mordinhas pelo meu peito e que chegavam a doer, quando essa esfregação atingia a região do clitóris, aí que ela me mordia mesmo.

Pra poder ajeitar esse esfrega-esfrega e também pra gente sentir mais um pouco de prazer, porque eu já estava quase gozando de novo, eu coloquei as mãos em sua bunda, uma mão em cada banda e comecei fazer o corpo dela subir e descer. Ela já estava gemendo que nem uma putinha, aquela masturbação mútua estava nos deixando loucos, sem falar nos gemidos da Carol cada vez mais altos. Fui um pouco mais ousado e coloquei o dedo médio de uma das mãos bem na portinha daquele cuzinho todo molhadinho de suor que ainda eu não tinha visto, só dava pra sentir as rugas e aquelas preguinhas. Eu sentia o seu orgasmo se aproximando, dei um leve tapa em sua bunda com a outra mão e ela gemeu alto, logo deu aquele gritinho do gozo anterior e me mordeu forte. Era mais um orgasmo da Carol e também acabou vindo mais uma seção dos meus jatos de porra, outra vez aquela putinha me vazia gozar eram orgasmos mútuos, a nossa região pélvica estava toda melada, assim como a minha barriga. Carol gemia, sussurrava e respirava forte até parecia que acabava de correr vários quilômetros.

Ela saiu de cima e se deitou ao meu lado, ficava olhando pro teto do quarto e limpava o seu rosto que estava todo molhado, num misto de suor e lágrimas. Com mais um orgasmo da Carol, eu pude perceber que sempre quando gozava, ela também chorava. Até então eu nunca tinha visto isso. Ela virou pra mim e falou que eu era maravilhoso e começou a me beijar novamente, conforme ela foi acariciar a minha barriga e creio que ela foi por a mão em meu pau e sentiu toda aquela lambança em minha barriga, e fez o seguinte comentário, Hum Diego, não posso desperdiçar esse monte de leite aqui sobrando, se virou e ficou de joelhos na cama e começou a lamber toda aquela região em que estava lambuzada com os nossos líquidos “orgásticos”. Aproveitei o ensejo e puxei uma de suas pernas e a coloquei ao meu sentido oposto, digamos num 69 meio torto. E pela primeira vez eu pude avistar aquela oitava maravilha do mundo, que era o seu cuzinho, que estava ali me aguardando. Conforme as lambidas da Carol “limpavam” o meu corpo, dava pra ver o cuzinho da Carol dando piscadinhas, pus as mãos em sua bunda e abri bem aquelas bandas expondo mais ainda aquele cuzinho, parecendo até um “mini-asterisco”. Ela parou de lamber e me perguntou o que eu estava fazendo, respondi que estava observando a coisa mais linda do mundo, Ela respondeu, tá gostando do meu buraquinho? e ficou piscando ainda mais aquele cu. Aquilo que ela fez foi incrível, a porra da putinha tinha o controle e conseguia controlar os músculos do cu, mais uma ela vez me surpreendia. Não resisti e cai de boca, quer dizer língua naquele cu pequeno. Pequeno, mas maravilhoso.

Quando a Carol recebeu a primeira lambida, percebi na hora que o seu corpo praticamente todo se arrepiou, chegava a ser bonito ver aquele corpo e aquela senhora bunda toda arrepiada. Carol comentou com a voz toda melosa, o que era aquilo que eu estava fazendo em sua bunda, que não era pra eu parar porque era muito bom. Rapidamente a Carol se ajeitou em cima de mim e se posicionou agora sim para o nosso primeiro 69. Que no inicio eu só busquei o seu cuzinho, área até então inexplorada por mim. Ela chupava mais uma vez o meu pau com maestria, ela aproveitava que ele estava bem ereto e chupava às vezes sem por as mãos, eu adoro esse tipo de boquete dá a impressão que a mulher vai engolir o pau todo.

Quando passei a lamber a bucetinha, eu passei também a pincelar meu dedo indicador em seu cuzinho. Que primeiro malandramente, eu deixei o cuzinho todo babado pra facilitar uma possível penetração com algum dedo e claro foi o que fiz. O inicio foi meio difícil para passar a cabeça do dedo, difícil não, ela que reclamou um pouquinho dando uma gemidinhas, sussurrando com alguns aís e uis. Depois de entrando a ponta do dedo pelo menos uma falange eu pus, comecei a girar bem devagarinho e já dava pra sentir que a Carol gostou, ela estava quase mordendo o meu pau e apertava as minhas coxas com muita força. Ela foi levantando o seu corpo bem de leve e forçando a sua bunda ao encontro do meu dedo, que claro já ia entrando cada vez mais. Não sei se doeu, mas a Carol parou um pouco, eu insinuei em retirar o dedo porque pensei que estivesse doendo, nisso a Carol falou, não tira não Diego, pode colocar mais um pouquinho. Eu retirei o dedo todo e pus o meu dedo médio em sua boca e pedi pra ela chupar e deixar o dedo bem babado, ela caprichou e praticamente depois de chupar o dedo ela quase que cuspiu no dedo, porque ele voltou muito melado. Coloquei o dedo médio que era um dedo mais grosso, ela no inicio pediu pra eu ir devagar e fui colocando devagar, mas sem parar. Quando senti o dedo praticamente todo dentro de seu cuzinho, eu parei pra esperar a sua reação, ela gemendo disse, que gostoso, isso dói, mas é muito bom. Fiquei ali fazendo movimentos de entra e sai até sentir que o seu cuzinho estava um pouco seco e poderia estar machucando, retirei o dedo. Ela saiu e se deitou em cima de mim e começamos a nos beijar, depois perguntei se já estava bom pela a aula de hoje, ela deu uma risadinha e falou que estava muito bom. Peguei o relógio da cabeceira e já eram 10:00 horas da manhã, fomos tomar um banho, esse foi o nosso primeiro banho juntos. Nesse banho houveram mais beijos, chupadas, mordinhas, leves penetrações com dedos e mais porra, eu já agüentava mais gozar.

Antes de a Carol ir para a escola eu lhe entreguei dois DVD’s pornô pra ela assistir, só que agora eu entreguei o filme completo, não tinha mais graça eu entregar por partes. Só pedi pra ela assistir e prestar bastante atenção.

Fui trabalhar extasiado e feliz, agora sim eu teria uma putinha ao meu dispor.

Galera vou parando por aqui, só pra não ficar cansativo. Depois eu volto com mais, se vocês aprovarem e quiserem saber mais. Até a próxima, se quiserem contato enviem e-mail para:

GALERA TÔ NO MSN, QUEM QUISER CONTATO:

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
30/06/2018 15:48:37
Excelente!!!
03/11/2014 15:37:02
Muito bom... agora o pau vai entrar! minha primeira metida foi no cu de uma amiguinho, que também me comeu. Durante muito tempo, éramos nóscomendo o outro. Minha segunda experiência, foi com minha priminha. Já a xupava e fazia gozar, e achei que comer seu cu seria fácil. Foi complicado.. Custou muito e até hoje ela se queixa da dor que sofreu. Tempos depois foi que comi minha primeira buceta, de uma empregada. Eu tinha 14 anos e aquilo foi uma façanha, para a minha época... A buceta da priminha quem primeiro comeu foi um namorado seu. Mas foi só o que eu deixei para ele. Cu e boca tinham sido meus kkkk
25/05/2013 00:51:19
Parabéns cara muito bom já vi todos os seus contos sobre a Deusinha Carol...
08/04/2013 01:50:50
Muito bom
06/03/2013 02:53:12
Muito bom
16/08/2012 18:49:46
Você tem estilo, está ficando melhor...
28/04/2012 21:56:19
Bonzinho, nada de tão fantástico como esse pessoal escreveu!
13/07/2011 15:16:39
esse cara conhece de preliminares... está muito bem contado esse trabalho de conquista... quando o pau entrar vai ser um arraso. E pelo jeito vai ser primeiro pelo cu... como foi comigo. I NESQUECIVEL
23/12/2009 16:27:30
puxa vida que conto,meu cacete duro aqui,parabéns
09/08/2009 10:50:04
vamo lá cara tira esse cabacinho logo
27/05/2009 01:33:39
escelente que putinha bem criada, o delicia...
13/05/2009 01:34:50
pena qñ tem nota 11
10/05/2009 15:33:58
Muito BOM
25/04/2009 23:03:55
legal seu conto, porem vc demora demais a postar um novo capitulo isso vai perdendo a curiosidade ou melhor o interesse... so uma dica... 10 pelo conto, - 5 pela demora, sua nota e 5... foi so uma dica...
25/04/2009 23:00:22
legal seu conto, porem vc demora demais a postar um novo capitulo isso vai perdendo a curiosidade ou melhor o interesse... so uma dica... 10 pelo conto, - 5 pela demora, sua nota e 5... foi so uma dica...
25/04/2009 22:56:32
legal seu conto
22/04/2009 03:19:10
Diego!!!! vc gosta de tortura né mocinho?!!! Estou louca pra ver a continuação dessa história...Meu isso ja é torturaaaaa.... bjs e novamente DEZ viu?!
17/04/2009 13:44:32
Até aqui mandou bem, mas se alongou demais em coisas desnecessárias, que acabam tirando o tesão. Agora que ela já levou o dedo no “asterisco”... rs, já está preparada pra dar o cuzinho. Com aquele bundão que ela tem, já desde neném, uma bela enrabada é o que mais ela precisa. Vê se capricha, ta?
14/04/2009 15:28:12
porra diego!!!!virei tua fã vc é muito bom,será?!srrsrsrs
07/04/2009 01:10:03
Cara, vc tá arrasando!!! Vai enfartar todo mundo por aqui de tanta curiosidade!!! Essa tua novela consegue aumentar o tesão de todos em 1000%!!! Não dá pra controlar...Me avisa assim que for publicar apróxima parte, ok?

Online porn video at mobile phone


soquei rola grossa na gravidaneta sentindo opau du avo duroforçando a enteada dar o priquito e o cu pro padrastocontos com fotos a safadinha da minha entiada queria rola metir nela sem docontos eroticos corno manso tatuagemcontos eiroticos leilapornrelatos íncestos tio e sobrinha dormindo nubuceta da linguonacontos porno scat lesbicoconto erotico fodi minh sobrinh novinh 11no cunhada centa na rola do cunhadoBaixa filme porno aa panteras juliana tranzando na cozimhaVoltei arrombada e cheia de porra mostrei para o cornoamor, você está querendo ser um corno manso? É isso que meu lindo quer?pau muito grosso arebenra buceta. ela queria fugirquando amosao tola pirocao no cu com forca e te machuca travrsti chupano apica docara atrais do balcao sem nigem peceberMeu.priquoto coça contoscontos eroticos morena com o mendigocontos e xitantes a mulher do meu chefe me seduziunovinhas.abrir.buzentavideo de mulhe rebolhadoconto erotico velha casada banca negao pirocudoConto erotico.no cuzinho da caderantesobrinho. segura. a. escada. pra. tia. gostosa. subir. de. saiaestupro esposa contos eroticoscotos.eroticos.de.coroas.com.muleki.jeginovinhas pelada da lingua da buceta vantajosa de pernas abertamarido esposa procuran outros casais para faser cuingueporno com muito estrupo com muito pau no cu a força com muito sexo bruto.conto erotico nora cortando gramacumeu a buseta da novinha qe nuca tinga metidoincesto tia e sobrinho ela tenta resisti mad acaba sedendo a buxetinha porno videosXvideo irma uza massage para seduzirciririca no clitoris lisinhoContei para meu marido que dei para o negaotodos os vilões em um só corpo versus Goku com cabelo azul ninguém trisca nelexxxvideos travesti bem novinha cumendo gaycontos de novinhas sendo fudidas com sadomasoquismo pela primeira vez um sexo agressivo pra estimularbundinhameteContos eroticos sapatao machaocom a permissão da minha esposa eu levei minha filha pro motel pra eu tirar a virgindade do cu dela conto eróticoBiazinha cagou nas calçascontos eroticos sou mulher e transei com minha sogracontos eroticos sem pudor com coroascontos erotico transformei meu marido em mulherzinhacontos eróticos gay fui transformado em putinha e fizeram dupla penetração no meu cuzinho e me arrombaramsafada de saia curta e vizinho olhandoporno coroa sendo desrespeita por novinho e leva ferro na buceta e porrawww.xvideos.com/negao rasgando a esposa do fornoo velho me comeu conto eroticocontos eróticos de cheirando calcinha da amigaPinto do filho contos eroticosdesenhos pornô caipiras no vídeo nnxx e comadre da o c****** para o vizinhoXVídeos cara tapeando a mulher baixinha no meio da rua buchudamenina xegado da banada doida de tesoa xupado a buceta da sua amiga brasileiraentiado nao guentou dormir com a madrasta sexoquetecorno chama andarillo para comer sua muller pornoNovinha excitidavideos de pornodoido levou anovinha pr fode demadrugadaputa com bitola para arreganha o cuo vídeo de 59 segundos da gostosa subindo a escadaria do shopping com short curtoporno video bem grudadinho com a empregadacontos eroticos escrava da minha amiga Janete www. xvideois. com.br. padato cao a enteadaxvideos de sexo de homens e mulheres se masturbando provocativamente e ecitantes e incestos com zoofeliaspai chupa a buceta da filha e éla bufa de tezâoconto comi minha patroa na igrejavídeos pornô eróticos com pau grande e grosso lindos com a pontinha bem geladinha e bem fofinhomorenas prudentinas goza.ndoCasa dos Contos Eróticos sogra gritou chorou e pegou na pica do genroxvideos/negros escravo fode sinhaconto erótico titia celuliteContos erotico fazendeira nova seduzindo o caseiro bem dotadoconto cu pique escondeenganada patriçinha pornô dinheirocontos erodicos comi minha netaconto erotico mae e filha nas maos do traficantehomem safado alucando irma ate fudecornolandia contoscache:8t-ncrFAFncJ:zdorovsreda.ru/texto/201108246 consegui fazer minha esposa querer dar pra outro junto comigo quando ci tamanho da:rola ate:eu dei meu cu virei corno e viado contoPadrinho picudo botando só a cabeça na afilhada virgem EMYRYZ-Casa Dos Contos Eróticos| zdorovsreda.comcontos eróticos o negao matutoconto erotico pau pequenodando a bucetinha para o senhorzinho da mercearia contos eroticosnegao pirocudo empina latinhadupla de caralhudos rasgando o cuzinho no pornodoidocontos novinha safadadesde berçofotos com menininhas de vestidinho distraidas deixando ver a bucetinha por baixo do vestidoaninha e meu tio cacetudo com foto e todos os contossChevette com tesão na sobrinhaliberalina vadia traído foi filmadaespertinha tentou fugir sem pagar o taxi e teve q fuder - completo