Surra de bunda no metrô

Um conto erótico de Simone bunduda
Categoria: Heterossexual
Data: 03/10/2011 09:24:04
Nota 9.62
Assuntos: Heterossexual, Metrô

Gente preciso contar o aconteceu semana passada porque só de lembrar agora já fico cheia de tesão de novo e acho que vocês merecem saber também.

Nesta última semana tive que deixar meu carro na revisão e pegar metro, que inferno que é isso meu deus, mas também voltei a sentir o gostinho de ser encoxada intensamente. Uns nem disfarçam, veem que eu tenho uma bunda bem grande e dura e já chegam esfregando gostoso. No primeiro dia não sabia da lotação e fui de jeans, e no fim do dia, sai da estação república e lá foram diversas encoxadas. De jeans não da pra sentir muito, e assim que sai do metro e fui caminhar até um ponto de taxi consegui disfarçadamente enfiar meus dedos em minha vagina e sentir bem molhada. Pedi pro taxista me deixar o mais rápido possível em casa.

Cheguei por volta de 19:30, minha filha, do primeiro casamento e que não mora comigo pois estuda no interior, já tinha buscado meu filho na escola e me esperavam pra jantar. Comi, e assim que terminei eles foram jogar e fui pra um banho. Assim que entrei no meu quarto fechei a porta, peguei meu notebook, abri minhas fotos de paus e comecei a me masturbar até gozar gostoso. Meu marido atual pra variar estava fora do Brasil e eu não poderia satisfazer meu tesão naquele dia. Tomei um banho e dei uma relaxada e fui curtir meus filhos.

No dia seguinte resolvi não ir de calça e fui de saia longa e bem solta, mas que deixa meu bumbum bem marcado. Ainda mais que uso calcinhas minúsculas. Fui de carona com uma amiga, trabalhei o dia todo mas ao fim do dia era hora. No caminho até o metro já percebi os olhares me devorando, estava de saia longa branca e uma blusa segunda pele azul, com um tamanquinho azul, calcinha branca e minúscula. Uns me seguiam, disfarçavam, e quando fiquei na fila de embarque encostou um atrás de mim, novo, cara de pervertido, secando minha bunda, e assim que o metro parou e começou aquele empurra, empurra ele já encostou seu pau duro em mim, e eu quase fico louca, fingi que não percebi e entrei, quase não nos cabia, a porta fechou e ele estava apertando de um lado das minhas nadegas, dai pra provocar, coloquei uma mão pra tras, abri uma das minhas nadegas e dei uma mexidinha pro pau dele ficar entre elas, esfregando no meu cuzinho. Parou em outra estação e mais gente querendo entrar, e ele afundou ainda mais seu pau e eu forcei ainda mais minha bunda, mas o problema é que ele tava de jeans.

Ficamos nessa esfregação até chegar na Sé e eu desci, e ele veio atrás, virei pra ele e falei “amanhã saio na mesma hora, porque você não vem de calca de moletom ou algo assim sem cueca e goza no meu rabo dentro do metro”, ele ficou desconcertado e saio desesperado. Eu não entendi nada, mas continuei minha caminhada.

Fui pra casa, morrendo de tesão. Não via a hora de dormir e chegar no dia seguinte. Coloquei a mesma saia, só mudei a parte de cima pra uma blusinha vermelha. Sai no mesmo horário e quando termino de descer as escadas está ele lá de olho em mim, sorri mas não falei nada, virei com cara de metida e ele veio atrás. Estava como eu mandei, com uma calça folgada, e uma pochete, acho que pra disfarçar o volume, rs. Parei na fila, ele já encostou e assim que entrei ele já foi enfiando entre minhas nadegas, tomei o cuidado de deixar a calcinha bem enfiada e a saia soltinha atrás pra entrar, que delicia, parecia que sabia o caminho, e logo senti sua cabeçona bater na entrada no meu cuzinho. Tava tão cheio que eu nem precisava me esforçar pra encaixar e foder seu pau. Mas não deu muito tempo senti ele ofegante e logo algo quente entre minhas nadegas, o safado tinha gozado, assim que parou na outra estação saiu atropelando todo mundo e foi embora.

Fiquei feliz por um lado, mas por outro fiquei frustrada porque achei que pudéssemos dar uma esticadinha por ali perto, mas, enfim. Olhei no relógio ainda era 18:20, então tive uma ideia, desci do metro, peguei no sentido contrário e voltei para a estação Marechal, chegando lá inverti de novo e vim sentido Sé, o metro estava lotado de novo, dessa vez eu que fui à caça, fui pedindo licença e esfregando meu bundão em diversos homem, velhos, novos, etc. Até que achei um encostado na “parede” do lado da porta, um novinho, gordinho, do tipo que nenhuma menina dá atenção, estava de calça de tactel, não tive dúvida, pedi licença, virei de costas pra ele e com o aperto do metro comecei a aperta-lo com a minha bunda contra a parede, percebi que ele ficou resistente, mas dai o metro foi enchendo e acho que ficou mais a vontade, logo senti que estava de pau duro enfiado em mim. Mas dai chegou minha estação e tive que descer, tinha que ir pro Paraiso e depois metro Trianon, ele desceu também e veio me seguindo, e mais corajoso que o outro puxou conversa, disse boa noite e eu já encurtei, “onde você mora pra gente dar um pulo lá e eu te fazer gozar gostoso”, o moleque arregalou o olho, pelo jeito era virgem, disse que era na Pamplona, bem perto da onde eu ia, falei “ok vamos pra lá”, ai ele ficou sem graça e disse que os pais estariam lá, “relaxa, não vou subir, quero só uma escadaria”. Fizemos baldeação, ele continuou conversando mas eu disse “por favor, fique longe, não fale comigo, eu já sei o endereço e só chegando por lá nos falamos”. Fui pra outro canto do vagão me esfregar em outro.

Chegou na estação Trianon, caminhei até a Pamplona, ele já estava por lá, ele indicou onde era o prédio, fomos juntos, entramos, ele cumprimentou o porteiro, que ficou só de olho na minha bunda, fomos andando até o elevador, mas dai viramos na escada de emergência, sem ninguém, sem câmeras. Mandei ele deitar, ele jogou a mochila de lado, deitou, mandei ele baixar as calças e ficar só de cueca, ele correndo fez. Deitado, bem gordinho, e de pau duro, levantei minha saia e mostrei minha bunda, caminhei até onde ele estava sentado e sentei na sua cara, e já levantei. Conheço esses virgens, gozam rápido, era hora de agir. Ele usava uma cueca bem de moleque, acho que comprada pela mãe ainda, ou pela avó, rs, virei com a bunda pra cara dele, coloquei uma perna de cada lado da sua cintura e baixei, de saia mesmo, afastei minhas nadegas, coloquei o pau dele dentro da minha bunda e comecei minha surra de bunda, socando com força, força, e batendo, batendo, rebolando nervosa, rebolando, e dai o menino começou a se contorcer inteiro, e gozando, gozando. Pronto, minhas bunda estava melada de novo, de dois. Levantei, tirei a saia, passei a mão na minha bunda e senti o quanto tava melada, e de novo agachei na cara dele, mandando “chupa”, fiquei sentado na cara dele, ora no nariz, na boca, com meu cuzinho, com minha vagina, e pra não ficar sem ação com o resto, abaixei a cueca dele, todo gozado, resolvi fazer um agrado, comecei a passar minha mão no seu pau todo mole e melado, e quando senti os primeiro sinais de que estava endurecendo de novo fui abocanhando, centímetro por centímetro, sentindo o gosto daquele pau virgem, e pouco tempo depois já esta aquilo bem duro na minha boca.

Ele estava delirando e eu curtindo, dai pra minha surpresa ele quis outra coisa “tia poe seu pé na minha boca, tenho tesão nisso”, ta certo, sai de cima dele, fiquei de lado, com o pau ainda na boca e coloquei meu pé na cara dele, ele tirou meu tamanco e quase enfiou meu pé inteiro na boca, ai foi se empolgando mais, e senti o quanto na minha boca, começou a ejacular gostoso, eu sentindo seu tesão não parei de mamar, e fui engolindo, engolindo, até que o moleque apagou.

Não entendi bem se foi pressão baixa, ou se foi a primeira vez dele e ele se assustou. Na dúvida levantei, arrumei minha saia e fui embora. Dei tchau pro porteiro, e subi, fui dar um pulo na Fnac Paulista, quem sabe encontrar mais um pra fechar a noite.

Já era tarde e precisava ir embora, mas dei uma volta rápida e nada, caminhei na Paulista mais um pouco e em frente ao Puppy vi dois caras me olhando, passei perto e parei fingindo estar perdida, depois umas conversas fiadas falei “me da o telefone de vocês que bem mais tarde talvez eu chame pra darem um pulo lá em casa. Dai sai , peguei um taxi e fui pra casa. Cheguei e fui jantar com meus filhos, dai contei que provavelmente naquela noite dois colegas de trabalho meu passariam lá por que eu tinha que assinar uns documentos. Eles nem deram muita bola por que sabem que sempre vai gente lá. E assim foi, quando eles foram dormir por volta de 22hs eu liguei pros dois darem um pulo la.

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
23/06/2019 10:07:17
nossa adorei seu conto muito bom,voce deve ser muito gostosa deve ter uma bunda lindaa!! manda umas fotinhas suas
21/11/2018 12:40:09
Delícia
29/09/2018 13:55:00
delicioso, parabens delicia
02/09/2018 01:42:57
Nossa até imagino como é essa sua bundinha
28/08/2018 00:55:07
Gostei muito 10
23/11/2017 18:56:39
Lendo seu conto me lembrei de quando pegava metro tb... Adorei, 10!
20/08/2017 16:30:12
Surrar
20/08/2017 16:29:51
Quero surtar esta sua bunda
20/08/2017 16:27:34
Como gostaria de comér sua bunda saladinha
05/07/2016 12:08:32
Vc é muito safada , adoro , gostosa ... Gordinho sortudo
06/04/2016 15:42:07
Moro em sorocaba, sou educado, cheiroso, culto, excelente nível, com corpo musculoso pele clara cabelos pretos lisos olhos castahos claros, rosto bonito, com local discreto e seguros em sorocaba mas posso viajar durante a semana. Meu e mail é Adoro beijos demorados longas preliminares demoradas penetrações para vc sentir prazer e gozar comigo. VC teve boas preliminares, faltou gozar profundamente nas penetrações
28/10/2014 00:18:22
Nossa adoro mulher de bunda grande. Adoro comer um CÚ. Adoraria trocar e-mail
03/07/2014 14:55:14
Tesão de conto, tive que tocar uma punheta antes de comentar, pois meu pau ficou duro p/ caralho, adoro uma bunda grande fico só imaginando a sorte do gordinho levando essa surra, agora me pau continua duro to c/ ele na mão e vou começar a tocar outra em sua homenagem.
02/07/2014 15:49:44
Linda adorei me chama se quiser deliciosa ser bem fudida nesse rabo q deve ser delicioso
02/07/2014 15:48:53
Adorei seu contoadoraria fuder seu cuzinho gostosose quiser me
24/06/2014 10:45:44
Que delícia seria ótimo te encontrar num aperto desses.
21/04/2013 12:35:27
Parabens Simone, Adorei seu conto se quiser, sou muito discreto, e amo uma bunda como a sua vou te te add no msn me add tb vamos conversar tudo começa como um contato beijos
CDP
08/12/2012 18:31:09
Muito bom o conto, adorei
25/09/2012 17:28:06
Legal. gordinho de sorte ehmm. leia e comente os meus contos tbm bjs
23/08/2012 15:00:05
hummm adorei..tb sou de sp e tb tomo o metrô..adoraria te

Online porn video at mobile phone


cunhada e cunhado beberan e acabaran fasexo sexovideo porno virgem putageyContos eróticos Perdendo o cabaço na Lua de melContos eroticos com foto biA buceta da minha mãe soniamarido esposa hormonios femininos dedos no cu conto eroticosuper dotado encosto a moreninha bunduda na padaria e ela gemeu muitocontoseroticos-estuprada por 2 cachorros roludoamo meu irmão conto eroticowattpad ele seguro na minha cintura com força empurrava seu pau grosso na minha busetacontos eiroticos leilapornrelato erotico uma madame na reformaEu quero ver bucetaaaaahbdsm humilhaçao extrema contocontos velho cacetudo corno fotoszoofilia buceta de cadela no pal grande do safadocontos eiroticos leilapornCumeno madura no quintau Contos recentes eroticos de irmão comendo irmansimhacontos eróticos minhas amiguinhas de infanciaxvideo menina chupeta colindo parra contos de sexo raspei minha bucetaconto erotico encoxadasogras assanhadas e safadas pediu piroca grande e grossa,contos e relatos eroticosconto genroXVídeo pornô das Panteras trepando só com os irmãos ocupar esse corpinhobritney bitch em anal 15 minutofilmes pornô lambuzada pelo pazes as panterasa calsinha de renda da dentista casada contosporno gay conto paibebadocontos eróticos Esposa e uma proposta indecente fazendo sexo com gravidas enquanto elas dormian pornodoidotexto entida seduzindo padratocontos eroticos paniquete disse que o diretor fodia sua bundamanmando no glelinho sem pararx videos sexo gratis marido masturbando passeiracssadoscontos sarrando a bunda da maeXVídeos cuidadora se dando mal com as presasnsesto edtrupou a mae q estava no celular samba pornoagarrei minha nora de chortinhozoofilia homem pocando cabaco da cadelinha novinhaconto erotico huntergirls71filhaabre as pernas qie vou te fider gostoso gay mundo bicha policias tranzando na estradacontos eroticos feminizaçao do garotinho maexvídeos haveria sobrinho pega tia dormindo com o c* dela da salsichabaixar xixi pornô caseiro marido vai trabalhar mulher chama mecânico arruma carroKadu p********* pegando as neguinhatia pasa de camisola perto do sobrinho e ele fica com tesaoWww x vidio .con tirano cabaso dAvigevideo porno marido enbebeda aesposa chama o amigo para aproveita com seu pauzaoWESLLEYWEST-CASA DOS CONTOS ERÓTICOScontos eroticos eu e meu amigo no internatoSuse rego tomando na bucettaassistir o filme de novinha metendo fazendo seu peito e trícepsconto comeu mae aleijadaxvideo casadinha fica louquinha com eletrecista dotadonovinha dando a buceta e depois o cú ao motorista da pirua que levava ela pra escolaMIDINHOPORNOContos me foderam muito por perder a apostaconto erótico gay o riquinho e o favelado 30vidio d sobrinha mostrando metade d polpinhas p tio n fazendameu gay de onze aninhos adora a minha rola contos eroticoscornolandia contosdei o meu curzinho com lubrificantes ao meu cunhado contos gayContos levei um tora preta gozou dentro meu marido adorounovinha boa com o shorti aberdadobpyzinhos batendo punheta infiando um dedo no cu apimeira vezpedreiro fodendo véia n refórmammulheres contando qe 03homens comeram suabuceta em frente a seu maridoquero ver vídeo de mulher se exibindo tirando a calcinha bem puxado para cima ficando só o montinhocomi a minha prima de onze anosmulheres sipr dotada xvideocontos eiroticos leilaporncavalona da buceta desmarcada no pornodoidobranquinha de cabelo preto baby doll da buceta inchadafilha fodendo com pai na excursaover video de porno mae e filhabem novinha pulando no pau bem grossoO maior pau que JÁ ezistiu rasgando a bucetacontos eroticos o nascimento dos peitinho da maninhaexecutiva casada puta de negao contoscontos eiroticos leilaporn