O Irmão Ogro XXX

Um conto erótico de CrisBR
Categoria: Homossexual
Data: 19/07/2012 11:58:47
Nota 9.66

Então, muito bom os comentários de vocês hein. Vale ressaltar que além dos comentários é importante as notas ok? Continuem opinando. Isso tem feito com que eu mude o rumo da história... Obrigado e boa leitura...

- Quer saber? Tá na hora de tomar uma atitude né. Eu tô te devendo isso Carlinhos. Vem cá.

Sua mãe estava na sala e nós nos aproximamos.

- Nossa, que bom que vocês fizeram as pazes.

- Pois é mãe. Na sua frente eu quero pedir pela terceira vez: Carlos, quer namorar comigo?

Como assim? A mãe dele não sabia o que dizer. O Bruno tinha tomado coragem e contado tudo a ela? Muitas perguntas na minha cabeça. Até que Angélica, chorando:

- O que você tá dizendo meu filho?

- É isso mesmo mãe. Eu tinha dito que estava triste porque briguei com o Carlinhos, mas foi mais que isso. Eu curto demais ele mãe. Eu amo esse muleque.

- Como irmão né?!

- Não mãe. Curto ele pelo carinha que ele é. Eu sei que é foda entender isso, mas...

- Mas nada Bruno. Você quer que eu faça o que? Abrace vocês dois e dê parabéns? Eu vou sair pra não perder a cabeça.

Ela bateu a porta e nem eu nem Bruno fizemos menção de ir atrás dela. Mas duas coisas ficaram claras: Bruno estava certo, nós íamos sofrer muito, mas o que ele havia feito mexeu comigo. De fato, ele tinha dado preferência ao que ele sentia por mim, em troca de ter estragado sua relação com a própria mãe. Por outro lado eu me sentia um monstro. Tinha estragado sua relação com a mãe e provavelmente meus dias naquela casa estavam com os dias contados. Não ia demorar ela contar pros meus pais e aí sim começaria o inferno.

- Num fica pensando demais não Carlos.

- Como não pensar, Bruno? Eu não sei se fico feliz com o que você fez ou fico triste. Fico pensando no que estar por vir.

Ele segurou meu rosto e me pressionou:

- Como assim? Agora não é hora de dar pra trás não cara. Eu fiz isso porque eu percebi que não posso te perder. Agora quem precisa decidir é você: bora continuar com isso ou não?

- Bruno, eu saí do conforto da minha casa pra vir atrás de você, correndo o risco de você estar com alguma piriguete ou simplesmente me expulsar daqui. Preciso responder?

- Te amo cara.

Ele me beijou. Nós nos beijamos. Eu sabia que o tormento estava apenas começando, mas não podia reclamar. O que eu tanto cobrei foi atitude e isso ele teve. Fomos pra sala e ficamos juntos, calmos. Finalmente. Liguei para minha mãe e disse que estava bem, apenas para não preocupa-la mais.

Mas preocupado estava eu. Onde Angélica foi e o que ela faria depois de ter ouvido do Bruno que ele amava o próprio irmão?

Fomos comer alguma coisa e Bruno sempre brincando. Ele estava realmente feliz. O que ele tinha de contente eu tinha de preocupado. Isso foi um tapa na minha cara, que antes não entendia todo seu medo. Agora sim. Estava tão medroso quanto ele. Enquanto comíamos, Angélica chegou e foi direto para a cozinha.

- Mãe, você tá bem?

- Não Bruno, não estou. Eu não consigo engolir essa história. Aliás, eu vou colocar um ponto final nisso.

- Mãe, não adiante. Eu quero o Carlos e a senhora não pode fazer nada.

- Para de falar isso Bruno. Você tá confundindo o que tá sentindo. Até ontem você era o galinha do Rio, agora você tá me falando que além de viado quer ficar com seu irmão? É demais pra mim.

- Olha só. Eu respeito demais a senhora que me criou praticamente sozinha. Mas se continuar com esse assunto a coisa pode mudar de rumo.

Estava demais até pra mim. Bruno estava decidido. Mais uma vez eu estava feliz por isso, mas estava muito triste. Eu não sabia que causaria tanto mal a ele. Incrível como a história modificou. Se há dois dias atrás eu o culpava de ter sido covarde, agora eu o entendia. Minha vontade era de sair dali e ir pra bem longe. Por mais que eu sofresse, talvez fosse melhor cada um ir pro seu lado e evitar tanto sofrimento. Se fosse pra sofrer que eu sofresse sozinho. Angélica continuou:

- Mas eu vou tomar uma atitude. Carlos, pegue suas coisas e vai pra rua. Você não fica mais na minha casa e eu vou ligar agora pro seu pai. Duvido que ele aceite essa pouca vergonha.

Decidi nem argumentar, mas Bruno disse alto:

- Se a senhora continuar com essa parada eu vou junto com ele e nunca mais olho na sua cara. E aí, como vai ser?

CONTINUA...

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
26/11/2015 22:35:38
10
31/08/2013 06:30:04
Besham, alguem me acode, EU TO BEGE! Alguem segura a velha que ela ficou louca, vai Bruno luta por isso, nao desiste Cara.
16/09/2012 23:15:08
Da-lhe Brunão!!!
29/07/2012 22:42:15
Muito Bom!
20/07/2012 22:49:34
é... a história está ficando quente...
20/07/2012 02:56:00
Agora a coisa pegou fogo... Tomara que tudo dê certo pros dois. Concordo com o shot, até que enfim uma atitude de homem, pois ser homem é isso...ter coragem de assumir o que é. muito bom o conto. adoreinota:
20/07/2012 02:10:45
Nossa amando muito seu conto demais mostra que o amor a gente não escolhe simplesmente acontece nota
19/07/2012 23:22:22
Faço um apelo: PROLONGUE SEUS CONTOS. ELES SÃO MUITO BONS, NÃO PODEM SER TÃO CURTOS!
19/07/2012 22:08:31
Cara agora o Bruno ganhou meu respeito. Acho que você deveria ter explicado isso um pouco antes pra evitar tanto jugamentos, mas tá certo. Ninguém deve jugar ninguém sem conhecer toda a história. Duvido que os dois vão ter um teto no próximo capítulo, a menos que eles aluguem um rsrsrs. Té de parabéns, me surpreendeu com os dois útimos.
19/07/2012 21:46:26
ótimo :)
19/07/2012 19:29:05
adoreinota:
19/07/2012 19:03:45
Agora a coisa pegou fogo... Tomara que tudo dê certo pros dois.
Cw
19/07/2012 18:31:45
Aêêê!!! Continua logo!
19/07/2012 17:29:59
*--* Caraca manolo!!! como que você fez isso, eu tava em duvida entre o Marcos e o Bruno depois dessa, é Bruno na cabeça!! Amei!!
19/07/2012 16:43:52
cara, ta demais o teu conto, eu to amando muito, mto perfeito véi, eu não como tem gente q não da 10 pro seu conto, concerteza um bando de idiotas q tem inveja do teu sucesso e do teu talento, mto 10 cara, ta mtooooo bom, ta dmais, n tenho nem mais palavras, simplismente perfeito!
19/07/2012 16:23:25
O Bruno é muito corajoso,adoro o Bruno agora.Seu conto é MUIIIIIIIIIIIIIIIIIITO LINDO,PERFEITO,ESPETACULAR.Chris vc escreve muiiito bem.Beijossssssssssss
19/07/2012 16:10:08
Quem diria que "esse" Bruno existia heim? nunca pensei que ele faria isso, até porque aquele jeitão bruto, e preconceituoso dele meio que impedia isso...Mais seu conto esta ótimo!
19/07/2012 16:01:13
Tai por isso q eu sempre foi 100% Bruno...kkkkk...continua Cris...
19/07/2012 15:30:23
Sou fã do Bruno Agora!!!!!!!!!!!!!!!!!!! agora ele surpreendeu .!!!!!!!! adoro essa historia...!!! posta a continuação!!!
19/07/2012 15:10:21
concordo com o shot, até que enfim uma atitude de homem, pois ser homem é isso...ter coragem de assumir o que é. muito bom o conto.

Online porn video at mobile phone


eu emcaixando o pinto do amante na minha irma gostozatrai meu marido com o amigo do meu filho porno contoTonhão transa com sua cadelaesposa safada marido corno que gosta dwle ser voier e ser chingado xxxWwwx vidios .con amulhe da buceta maio do mudorfotol.terra.com.br/danumonteirotia insistente anal contosdano cu de quatosexo conhadas cozinha nua pau bizarro tesaoxvideo dp descabasandoconto eroticos esposa era certinhavizinha do intestino curto fodendoxvideo gay menino batendo chutinho de cuecaeu ti aguarrei novinha pede paconto cu colo a onibusler contos eroticos menagedoce nanda parte cinco contos eroticosconto gay ele se revoltou e tomou todasadolecente finge durmir so para sentir o pinto do irmaoeu, minha namorada, minha namorada e meu tiosexo soumenti com corno chupando porra de macho na buceta da esposaxvideoporn com casada de legui bebadadago do r**** gostosa de short curtonalvinha fudendo com homem mas velhorX video Adilson mim fodeconto gay guilherme e felipenuca vi uma mulher dano para superdotado com uma buseta tam fundacasa de contos eroticos, cadela no ciocontos contos eróticos de gay dando para o pastorAs lidas esposas xvidioso cu fudidos de diaristasconto erotico envangelica papai foi meu primeiro homemconterotico o penis do ev irmaocontos exitantes nora tarada passeando com sogro tesudoxvidio porno mulher é Chapada ante goza muitonovinha deixou o tii passar a mao na bucetinha em troca de dinheiroCont erot .quando meti na minha empregadinhsporno filho comendo a mrabuda dormindozuando meti a pica na b***** da égua meladinhaconto eroticos filhos . aguentou meu amorAmo beijar os pezinhos dela principalmente usando rasteirinhas contosWww.vainovinhavideo.com.brComeuu a coroa Xvidiosgaroto batendo punheta e bolas balancando pornodoidomalandro se asusta com o tamanho da buceta da novinha bebadaexecutiva casada puta de negao contosconto erotico de fazenda cavalgadadesde novinha ja fudiaContos primeiro leitinhovelho safado come o ccu da mulher ela chora xe dorPor Fovar ensine minha buceta desagradavel porn full video Comi o cu de duas irmas novinhas conto eroticoerika12 conto erotico xnxvidio minha visinha mim pego batendo punheta .comconto gemo muito ai ai dando cu para outro na frente do meu corno ele fica com tesaõvarios roludos comendo a mocinha no campoxvidios guria dando a buceta de causinhavideos d movimhaz fudendo com negao dotadosexoalvesxvideos entertidaconto erotico nora carenti fudendo cm sogra pirocudofilha faz as pazes com o pai xxxPegou o pai de pinto duro quiz no cuvedio caseiro minha conhadsa da pro cachorro. seonòvinhá brasileira da bucetinha carnuda ê peitão na siriricá porno.xxnovinhasmuler bateno ua pueta pro homeContos eroticos de podolatria com fotos de primas pedindo massagem nos pezinhos bonitoscontos eroticos o cuzinho rosinha da minha filhacasada peidando no pal do gigolo xvideo realcaindo de bocs na rolona xvidioxvideos garotão bombado infiando dedo no cuzinhonegao com o pau grosso nove metro em purando na mulhertio negro de 40cm de pau no cu da intiadaConto erotico: o playboy e o malandroeu, minha namorada, minha namorada e meu tiocontos eroticos geme porrarelatos eroticos nos um casal evangelico fomos convidado a ir numa praia de nudismo por um casal de amigos