UM ANJO EM MIINHA VIDA 3-4

Um conto erótico de will e renato
Categoria: Homossexual
Data: 10/08/2012 23:10:25
Nota 9.89

Um beijo eu via da boca de Rafaela grudada no abdome de Renato..., que estava em cima da cama de sua mãe deitado com a barriga para cima e dormindo profundamente...

Ele estava tão lindo dormindo daquele jeito...

- o que significa isso meu deus do céu...

Rafaela que estava com os olhos fechados... Abre involuntariamente e olha para mim e para Raquel que estava parada ao meu lado a essas horas aos prantos..

- tia..., eu...

- levanta dessa cama..., então ta ai por que o Willian não gosta de você...

Eu não queria...

Que não precisava olhar mais aquilo..., Renato que era uma coisa que era minha..., deitado com o rosto vermelho de tanto chorar e num sono tão lindo..., tão puro que nem percebia o redevu que se formava ali...

- tia desculpa eu to....

- levanta dessa cama agora Rafaela..., você esta dando em cima de seu primo...., você ficou louca ainda sabendo que o Renato já é comprometido guria...

Era... - pensei naquele momento com uma lagrima caindo...

Eu tinha dois motivos por estar com lagrimas nos olhos naquele momento...

O primeiro...., eu estava vendo o único e verdadeiro amor de minha vida sofrer por mim..., estar atirado em cima daquela cama com o rosto vermelho...

E segundo..., eu estava com um nojo da cara do Renato..., desculpa..., mas era um nojo por ver ele com outra pessoa..., ver ele de beijo com outra pessoa...

Esse pensamento fez meus ouvidos taparem..., eu virar e seguir ate a escada que vinha seu pai e me olhava serio...

- Will que foi que esta chorando...

Ele vinha ate mim...

- nada não..., eu to meio...

Não conseguia falar..., mas mesmo assim não tinha noção da onde vinha a minha força de vontade de espressar tudo aquilo que eu estava sentindo...

Renato... Rafaela..., Raquel gritando...., meu deus...

- Will você esta bem cara..., por que que a Raquel ta falando assim..., mas você e o Renato brigaram...

- não senhor..., eu preciso pegar um ar..., eu já....

Eu desço as escadas e o pai de Renato me olha e segue em direção ao quarto...

Era a minha chance..., sai dali com a minha cabeça latejando..., uma dor vinha de minhas fontes uma coisa forte..., meu deus peo amor de deus...

Parecia que eu estava tonto...

Nem olhei que vinha atrás de mim e peguei o controle da garagem já apertando o botão de saída...

Assim fiz... Abri o portão e sai em direção a rua...

Meus passos se tornaram em uma corrida longa...

Ate que tropesso..., não vejo nada pois nesse exato momento fecho meus olhos...

O rosto de Renato vinha em minha mente...

Renato... Meu amor...

Retruco comigo... Caio ao chão... E um grito soa atrás de mim assim que vejo minha mãe correndo ate mim...

- vamos para casa agora meu filho...

- como você me achou mãe...

- eu sei de seus passos..., você é meu filho..., vamos agora..

Eu tinha muito medo...

- não mãe o pai...

- corri ele de casa... Agora levanta que nos vamos para nossa casa..., vem...

Assim não ouço nada..., pois aquilo que minha mãe falava era horrível...

Minha cabeça doeu mais um pouco...

- mãe me tira daqu por favor...

- vem meu filho... Eu vou cuidar de você...

- mãe eu amo tanto Renato mãe..., mas meu pai...

- não pense nisso entra no taxi agora... Eu vou te levar para casa....

Minha mãe me bota no banco traseiro...

- não pense em nada WillEntrei em casa enrolado no casaco de minha mãe..., ainda com um pouco com o rosto molhado...

Meu pai já não estava mais segundo minha mãe....

Assim mesmo entrei larguei minha mochila em cima do sofá e olho em volta...

- não fique assim..., meu filho... Ele te ama...

Olhei devagar a minha mãe...

Minha mãe era a única que me entendia...

- mãe eu quero ele..., eu não consigo respirar sem ele por perto de mim...

- Will..., senta aqui vem...

Minha mãe pega as minhas mãos e me lava ate o sofá e sentamos de frente um ao outro...

Meu choro aumentava....

- eu amo ele.... - eu falava com tanto sentimento no meu peito....

- eu sei bebe.... Vem Ca vem olha para mim... Não se rebaixe a essas pessoas..., não fique assim...

- mas e o pai..., não é justo o que esta acontecendo com vocês mãe.., olha que desgraça é a minha vida..., eu sou a pior pessoa desse mundo mãe..., não mereço seu amor..., o amor do Renato e muito menos do meu pai...

Meu pai..., cara o que mais eu sentia era o maior pelo meu pai..., que assim mesmo tinha saído daquela casa sem olhar para trás e sem da nenhuma justificativa que ainda sentia algo por mim...

Minha mãe me abraça e fica massageando meu rosto...

Eu tentando me acalmar..., tentando acreditar que minha vida mudou... E ai mudar mais ainda...

Eu chorava era de tristeza...

O ódio que eu estava de Rafaela era único..., ela roubou um beijo de Renato..., e se ela quis me atingir..., por encrivel que pareça ela conseguiu.., eu não pensava mais nada so naquela cena... Que me deixava mais e mais sem reação das coisas a minha volta...

Assim mesmo adormeço nos braços de minha mãe..., que me abrçava fortemente num colo de mãe..., eu agora sim estava em meu refugiu...

Acho eu que antes disso tentei ver algumas pessoas no MSN mas logo sai e fiquei off

Pois não estava com muita cabeça para conversarOlhos pesados..., corpo latejando de dor..., foi assim que me acordei no dia seguinte..., minha mãe não estava em casa..., e assim mesmo tive forças a levantar da cama e tomar um banho..., tirando toda a angustia...

Primeiro um gelado e depois um morno..., me vesti e desci as escadas de minha casa...., olhei a minha volta..., tudo da mesma forma... Sem movimento nenhum...

- acho que me separei..., - eu falo a mim mesmo...

Olho em direção a cozinha e caminho ate ela...

Sem fome saco..., que merda..., que falta ele me faz...

Pego meu celular que vinha junto comigo na parte de trás de meu bolso..., olho a telamensagens não lida...

Todas de Renato e uma simples de nathalia...

Perguntava o que tinha acontecido e se estava tudo bem...

Mesmo assim volto a ver as mensagens dele que era uma mais linda que a outra...

Pego uma maça de cima da mesa e mordo e volto a olhar com um pouco de lagrima em meus olhos...

Renato me faz chorar....

Cada uma que me emocionava...

“ volta para mim Will “

Ele falava numa que dizia no final

“ eu não vivo sem você amor...”

Mesmo assim largo o celular em cima da mesa e vou para a sala...

TEDIOOO...

Como o corpo dele me fazia falta vou ate a janela olho para rua..., um carro na frente de minha casa...

Renato so podia..., meus olhos na mesma hora se encheram de lagrima... Ate que o carro liga e sai em direção a avenida...

Meu deus ate quandoSABADOJá não agüentava mais...., era como se o mundo tivesse parado..., já estava com febre..., e Renato não parava de me ligar um minuto se quer...., tive que ate largar meu celular nas mãos de minha mãe..., meu pai tinha aparecido no sábado a noite para largar algumas roupas..., ele dizia que tinha ficado numa casa de um amigo..., mas não olhou para minha cara e não falou um ai...

Passei aquele dia no meu quarto falando com algumas pessoas no msn..., que mesmo assim depois não fiquei mais on line..., largo meu not para o lado e vou ate a minha janela de meu quarto...

Minha mãe..., no portão... Aquele homem loiro..., com uma regata..., o rosto pálido olhando para a janela de meu quarto...

Renato..., amor..., meu amor...

O choro em meus olhos...., na agüentava mais..., ele era meu..., so meu tinha que tocar nele..., meu deus que dor em ver ele assim...

Saio correndo abrindo a porta de meu quarto..., não vendo nada a minha frente...

Quero ele...

Quero tocar nele...

- Renatoeu chamo que assim mesmo foi como se fosse um segundo de pausa entre mim e ele..., ele já não estava mais no portão...

Estava parado na minha frente...

O rosto pálido..., o meu quente da febre da noite passada...

O sorriso dele ia se alargando..., assim mesmo como o meu...

- eu não..., não agüento mais...., vem meu amor... - ele diz passando pela minha mãe e se chocando com o meu corpo que assim mesmo me atirei em seu peito e sentindo suas mãos me pegando e me colocando com tudo em cima de seu colo...

Renato coloca sua boca no meu pescoço e beija assim como faço quando encontro a sua boca...

Ele era meu...

- você E um idiota..., em ficar longe de mim não faz mais isso com a gente não Will... Você não tem direito...

- desculpa meu amor... - eu tento..., mas Renato mesmo assim continua abraçado comigoNão largava ele por nada desse mundo..., fiquei sentado no seu colo sentindo sua Mao em minha cabeça massageando...

- lembra dessa amor...

Ele e eu lembrava das brincadeiras de criança quando éramos pequenos...

- aquela brincadeira de pular corda eu muito brinquei disso...

Ficamos sentados na minha cama...

- era legal NE amor..., é bom ser criança....

- ta e me dz uma coisa que fim deu naquela garota...

- a vagabundinha,...., tu sabe que to afim de armar uma pra ela amor...

- tipo o que... - renato fazia uma cara de danado... ai tao gostosinho...

- não sei..., mas sabe aquela arte de criança sabe

- sei sim criançao..., ta mas e ai...

- ela ta La NE cheirinho..., tu acha o que... Disse para a minha mãe que sente muito e que bla... Bla... Bla... Eu nem dei bola sai de perto e nem vi no que deu...

- ta vocês passaram esses dias todos um perto do outro...

- claro que não NE meu amor da minha vida..., eu fui para nossa casinha..., e fiquei La todo esse tempo se você quer saber ate hoje ninguém sabe nada de mim... E também vamo parar de falar nela amor se não eu vomito..., so de pensar em beijar aquela boca a não ser a sua..

Eu do um sorrisinho...

Eu olho pra ele que não parava de meu olhar..., Renato com os olhos mais azuis ainda.. Entrando em minha pele..., sem falar uma se quer palavra... Sem demonstrar qualquer reação..., segue ate mim e gruda a sua boca na minha....

Um beijo verdadeiro..., fiel..., maravilhoso..., com muitos investimentos... Sua língua dentro da minha bica e arando de leve..., com calma sem dar muitos rodeios...

- olha aqui a próxima vez que você fizer isso comigo eu juro que me mato..., lembra daquela cachoeira eu vou La em cima e me atiro de La...

- eu duvido..., que faça isso...

Ele ri para mim...

- se você me pedir eu faço...., tu sabe eu me atiro pelado se você quiser...

- a é peladinho é...

- peladinho... - ele me beija de novo... - vem morar comigo cabeção....

Ele falava..., com a boca grudada na minha..., não pesnso em mais nda...

Não agüentava...m minha vida é ao lado de Renato e não ao lado de minha mãe pelo resto de minha vida...

- aceito... - eu digo passando meu nariz em sua boca...

Renato se ergue para trás...m me olha com os olhos arregalados...

- perai..., o que você disse...

- o que...

Eu digo supreso..., pois estava com os olhos fechados...

- bom essa madrugada algumas pessoas do MSN me deram a idéia...

- não mas..., você disse que..., aceita...

- sim... - continuo sem entender...

- VITORIA....., - Renato grita contra a porta... - MEU DEUS..., AMOR VOCE VAI VIR..., CARACA VEIOOOOOOOO...., NÃO ACREDITO AMOR....

Renato vem para cima de mim e pega minha boca.. E deita comigo entre os travesseiros de minha cama...

Sua boca se choca contra a minha e logo vejo ele pular de cima de mim...

- hoje..., to por você...

- hoje o que eu ir...

- sim hoje agora nesse momento...

Renato estava com um sorriso enorme..., cheio de vigor..,

Não penso em mais nada a não ser arrumar minhas coisas e comunicar a minha saída de casa para minha mãe..., que mesmo assim nos ajudou a arrumar minhas coisaspronto esta tudo aqui...

- mas por que você não leva o resto Will...

- não essas coisas deixa aqui caso eu venha posar aqui...

- mas sua casa agora é unto comigo não é...

Renato parecia uma criança boba... me olhando enquanto saímos e colocávamos tudo dentro de seu carronão me olha assim Willian eu não tenho culpa... - eu olhava para ele com um certo orgulho...

- culpa do que...

- não sei faz horas que você ta me olhando...

- to vendo como que o meu namorado é lindo...

- hum bom..., ta mas e ai..., quer fazer o que....

- sei La.... Ta frio NE...

Eu digo sentado nas pernas dele...

- vem Ca vem... Bota uma calsa e uma camisa...

- mas aonde vamos...

- te arruma bem gatinho vamos dar uma volta..., quero comemorar de qualquer forma... A e liga para o rafa eo rato....

- amor parece que eles estão de mau...

- liga mesmo assim ué..., vamo botar lenha na fugueira deles... Rsrsrsrsrrs

Assim fizemos eu liguei para Rafael e Renato para Robson que no mesmo momento eles tinham aceitado..., mas não sabíamos que nossa noite não ia ser so felicidade...

O Pior estava por vireai Will..., mas olha vejo que já esta tudo bem..., a gabi me ligou tri preocupada veio...

- e ai rafa como vai..., senta ai meu..., estamos esperando um amigo meu...

Rafa olha torto para Renato que me olhava rindo..., eu olho serio para ele enquanto rafa se senta ao meu lado...

Claro que Rafael não ia se agüentar..., colocou bem preocupado os dois punhos em cima da mesa e nos encarou...

- gente olha so..., se vocês me trousseram aqui para eu...

- rafa..., relaxa ai veio que ta tudo bem... - Renato diz...

- pior rafa..., alias ele gosta de você eu sei que isso vai ser um tipo de desentendimento brevio que vocês tem um com o outro...., então não de bola...

- mas Will eu não to preparado para olhar na cara dele cara..., eu to...

- rafa por favor..., te acalma que ele ta chegando...

Assim rafa olhou em direção..

Robson chegava num porte de machão..., perto de nos..., sentados na mesa do mc...

- boa noite... - ele diz olhando para Rafael...

- RATO..., FILHA DA PUTA não me liga NE seu putinho...

- a vai te fuder Renato..., eu fico as veses te ligando e tu nem retorna...., e ai Will como vai...

- tudo na boa...

Robson senta ao lado de rafa que assim mesmo ele olha pra o outro lado...

- oi Rafael...

Robson diz baixinho...

- oi Robson como vai tudo bem com você...

- mais ou menos sabe..., mas to levando fazer o que...

Robson olha par a nos e ergue uma sambrancelha...

- não me julgue foi culpa dele...

Eu aponto para Renato...

- ta ligado que agora eu e o Will tamo..., juntinho...

- to sim a horas vocês não se desgrudam...

- não rato tipo estamos morando junto...

- capaz não creio nisso cara...

- pior to te falando meu...

- Will olha La quem vem La...

Rafa me chama no meio da conversa de Robson e Renato..., que mesmo assim viraram junto comigo...

Senti o calor de ódio subir no corpo de Renato..., Robson não entendia...

Rafa enguliu a seco assim como eu...

Matheus vinha de longe com outro cara..., ainda afirmei os olhos mas percebi que não era meu pai...

- eu não acredito nisso...

Renato Ra sem a menor graça...

- que é ele... - pergunta Robson com a voz grossa e graveantigo amigo entre aspas meu...

- como assim...

- ele E taradinho por mim..

- capaz..., não acredito nisso...

- to te falando cara... E pior que ele já sabe que estamos aqui...

Matheus era descarado..., olhou para nos e começou uma gargalhada para nos..., e foi ate outra mesa e se sentou de frente para nos...

Renato fechou a cara que senti que parecia um cão feroz que a qualquer momento ia pular em cima dele...

- tA amor..., na da bola...

- como assim... - Robson não entendia...

- ele faz isso..., sempre implica com nos..., ele adora fazer esses tipos de coisa..

- então vamo mandar bala nele...

Renato olha para Robson...

- tu me ajuda...

- claro mano samo irmão ou não..., to aqui para isso...

- vamo acabar com a raça dele.., se ele falar qualquer coisinha...

- tamo ai veio...

- pelo amor de deus vocês não vão fazer nada....

- pensam bem.., é isso mesmo que ele quer... - fala Rafael,.. Olhando para Robson...

- hum..., ta mas você esta preocupado comigo é...ou isso é ceninha de novo na frente dos guris...

- não começa a ser estúpido comigo não vem não Robson me larga de Mao...

- mas foi você que começou...

- gente calma..., não vão brigar...

Eu falo...

Rafael levanta..., e vai em direção ao banheiro e Robson fica retrucando sozinho...

- não vou aceitar..., o Rafael vem Ca vem...

- me deixa eu vo mijar...

Robson vai atrás dele...

- Renato els vão brigar...

- vão mesmo vai atrás que eu fico aqui cuidando o terreno...

- ta louco... E se essa peste vier aqui...

- ele que venha...., cago ele a pau..., e ainda mato ele como um bicho...

- calma amor.., eu já volto...

Me levanto e vou atrás daquele enorme homem que seguia atrás de rafaRobson calma com ele..., ele gota de você...

Eu falo atrás dele..., rafa entra primeiro no banheiro e depois eu e Robson...

- Rafael faz o favor..., não vem da um de viadinho ta...

- é isso que eu sou para você NE Robson..., na verdade você nunca gostou de mim..., você acha que eu sou um viadinho que so deu o rabo a você NE...

Robson revira os olhos e vai ate rafa e pega ele pelos braços...

- para com isso para de dar um de isterico...

Robson pega rafa e entreçala seus dedos nos dele.. E molda a sua boca na dele.... Movendo o corpo de rafa para dentro de um dos banheiros e dando altas investidas para cima de rafa...

Eu com um simples sorriso vendo a porta do banheiro se fechar saio do banheiro e volto para a mesa....

Mas Renato....

Cadê ele...

Renato não estava mais na mesa..., mas....

Meu deus...

Boto a Mao na minha cabeça...

- com licença você viram um cara alto loiro tipo uns 1,85 de altura...

- a sim ele saiu para La e saiu pela porta...

- a sim brigado ele é meu irmão...

Saio em direção..., não vejo nada a não ser pessoas em minha frente..., renaot aonde estava...

Chego aonde tinha que chegar..., vejo Renato de braços cruzados e Matheus a sua frente..., retrucando...

- me diz quanto que você quer para deixar eu e o Will em paz..., fala quanto...

Matheus me vê chegando...

- uma noite de amor que cha...

- Matheus vai a merda..., eu to aqui tentando negociar uma coisa...

- e eu também eu deixo vocês em paz o dia que você ficar peladinho para mim...

Eu chego e Renato me vê..., e mesmo assim não se sente constrangido e nem nada..., me pega pela Mao..., e fica ao meu lado..

- algo esta acontecendo... - eu pergunto...

- tu sabe que estávamos conversando tão bem antes de você chegar sua imundice...

Renato da um empurrão nele...

- não vem que você não vai falar com ele assim cara na minha frente não...

- que não vai dizer que você não estava gostando..., ele me disse que não te suporta mais Willian...

- mentira seu filha da puta...

- MATA ELE RE... - diz Robson vindo atrás de mim...

- e ai manezão..., prazer meu nome é Robson e ai vai se apaixonar por mi também por que comigo o buraco é mais embaixo...

- pronto junto a fome com a vontade de comer me poupe seus bandos de merdas...

Robson tinha enchido os pulmões e como se num ronco fosse para cima de Matheus assim como Renato...

- Robson não.. Chega para...

Rafa se mete na frente. Dele...

- deixa ele..., vocês são enormes para tarem batendo nele...

- vai defender ele...

- não é defender Robson..., o rafa ta certo..., e também é isso que você quer NE Matheus...

- por isso você me chamou NE seu lixo...

- lixo são vocês...

Matheus se levanta do chão e cheio de bravura e começa espraguejar um monte a mim e rafa..., indo para trás e mais um pouco batendo a perede...

- você são uns merdas... - e sai correndo...

- deixa ele rato não vamos deixar ele...

- mas quem é esse puto...

- é um vagabundo que não da ponto sem no..., deixa ele..., vem Will... O rato tão afim de pegar um cinema...

Robson olha para rafa...

Cara como ele é lindo de perfil..., claro que Renato da de dez zero nele NE...

- é que eu e o rafinha combinamo sabe de...

- a ta já sabemos vai La..., nem precisa falar...

- falou então mano... - a batida das mãos de Renato e Robsonamor tu acha que o Matheus vai continuar provocando sei La a gente...

- eu acho sim bebe..., e teu pai também não vai da descanso...

- bom tu sabe que minha mãe mandou ele embora NE...

- to ligado..., mas tua mãe gosta dele e também não quero que eles se separem Will..

- nem eu sabe..., pois sei que meu pai me ama e so quer o meu bem...

- claro que ama paixão e também nem tenho duvidas disso....

Renato vira de frente para mim e me pega pela cintura...

- ta e ai quer ir ao cinema ou...

Ele morde os labior...

- o que..., ai meu deus...

- vamos La na nossa casinha vamo amor..., quero te mostrar uma coisa vamo...

- claro..., mas Renato....

Sabe quando você vê que o seu carro ta com um defeito que você não tinha feito..., e também Renato não seria louco de fazer aquilo...

- que foi...

- Renato olha aquilo....

Saímos em direção ao carro..., rafa e Robson ainda não tinham ido...

- o que foi ai cara... - dizia Robson... - meu deus Renato puta merda meu...

- eu vo matar esse filha DA PUTAA...

Renato começa a crescer de raiva e soca a parede da arvore olha para Robson....

- não tem essa ou você ta comigo agora ou não olha mais na minha cara...

- to com você parceiro... Filha da puta em fazer isso...

Eu fico olhando os dois combinarem em pegar Matheus enquanto eu via que nem eu e nem rafa podia fazer nada...

CONTINUA...

BOM GENTE SE ESTA ACABANDO OU NÃO EU CONTO OUTRA HORA..., MAS NO PROXIMO CONTO VOU CONTAR TUDO BEM RAPIDO..., SEI QUE ETA UM PORRE POR ISSO VOU ACABAR BEM RAPIDO..., VOU CONTAR COMO RECEBI MEU PEDIDO E COMO PERDI UMA PESSOA MUITO ESPECIAL NA MINHA VIDA ESPERO QUE GOSTEM DESSE ABRAÇOS A TODOS...

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
28/01/2013 16:16:37
Perfeito
17/08/2012 01:28:53
Lindo demais. Te dolo. Senti muitas saudades. Abraços!
13/08/2012 14:08:37
Contos fantásticos Will, parabéns!
12/08/2012 18:24:20
d++++
12/08/2012 00:00:19
Hum muito bom em! rs
11/08/2012 19:17:08
amei faço minhas as palavras de grimm
11/08/2012 14:05:03
ta maravilhoso
11/08/2012 13:51:46
11/08/2012 10:54:10
will nunca sera o pior sempre sera o melhor..., para mim vc é o topo dos aqui na casa dos contos pois seu conto passa segurança cada vez que leio ele..., entao continua meu lindo que eu te adoro mais do que tudo nesse mundo e as pessoas aqui na casa te adoram do mesmo geito continua nota 100000
11/08/2012 10:50:24
will eu sei como se sente..., mas nao fiue assim migo eu te adoro e nunca se esqueça que seu conto para mim vai ser ima inspiração para mim eu te adoro e voce e o re para mim sã tudo tudo de mais bom nesse mundo....m te adoro e esse conto tremeu minha basee...., agora arranca o coro cabeludo dessa vaca e deu pai e desse fdp te adoro continuaaa lindooooo
11/08/2012 08:19:17
que bom que voltou , e para de achar que seu conto é chato que nao é nao, ele é um dos melhores do site,bjao!!
11/08/2012 03:40:12
11/08/2012 03:40:10
A will seu conto nunca abusa né ta d+ to morrendo saudade de tc contigo é mais meu msn foi hackeado aff que saco rsrs mais seu conto ta divino amo tudo ta d+ parabens e lembrese sempre que precisar de um ombro amigo estamos ai vc sabe né vlw por ser essa pessoa maravilhosa bjusssssssssssssssss
11/08/2012 03:29:34
Este Matheus é realmente um filho da puta de insistente...Na verdade pra mim ele é um doente que precisar urgentemente de tratamento de choque,por mais que as vezes eu sinta pena por ele está sofrendo de amor. Mas tudo tem limites...E a cota de paciência para com ele pra mim já acabou.
11/08/2012 02:40:11
aahhh Wil num para nãooo.. eu adoroo sua históriaa... e nãoo vejo a hora de ler q o renato regaço esse fudido do matheus... e fiquei preocupada com esse papo de q vc perdeu alguém.. continua logooo
11/08/2012 01:26:19
Que bom que vocês voltaram,um casal tão MARAVILHOSO como vc e o Renato não podem se separar numca.To amando muito sua histotia,mas estou triste porque quando vc parar de escrever a casa dos contos vai ficar muito sem graça,pois vc é um dos melhores da casa,todo mundo AMA MUIIIIIIITO SEUS contos.Mas por favor Will,não nos abandone numca.Pois todo mundo gosta muito de vc e do Renato.Continua logo.BJSSSSSSSSSS
11/08/2012 01:22:00
Vc disse que ta um porre???? Ta loko? esse conto é um dos melhores qui migo...não para de escrever não...sei que vc ta meio sem tempo, mas mesmo assim sempre sobra um espaço pra escrever as vezes...te adoro
11/08/2012 00:41:11
11/08/2012 00:41:09
Ainda bem que vcs voltaram, e por favor will seu conto nao ta chato pelo contrario ta maravilhoso nao diminua seu conto nao.
11/08/2012 00:40:59

Online porn video at mobile phone


conto erotico iniciando viadoContos levei um tora preta gozou dentro meu marido adorouContos eroticos comi minha filha com margarinaMeu+tio+ficou+bravo+comigo+e+arrombou+meu+cu+conto+eroticoxvideos porno as coroa carentis levando rola geandexvideo madrasta sendo medecadaa cinquentona gritava não ia aguentarirma no cio chupa tudo sem frescuracasadoscontosnorameu sobrinho e eu no carro.ctosconto erotico meu primo me enganou e comeu meu cuconto sou gay e meu irmao ñ usa cuecashomnes esibindo seu pauzao no sanba cansao pornodoidocontos.porno gay um.namoro americano cap 29porno cara punhtado nervosoporno contos pelo zpwww.xvedeo so gozadaia mais gotosaxvdebaichodasaiacontos gozar no cu da empregada e feioporno gay pai malhado e i filhoSogras atraidas pelos genrosxvideos.com titiapedindo para eu fuder o cu dela you tube video de cachorro gigante com cadelatransando e mostrando ele engatadocontos eiroticos leilapornlevo esposa pra csa do amugo e dusse amigo e sua come pornoabre video porno das novinha loira do peito picino e pontudoporno doido reais emviado por amadores com novinhas descuidadasai mae maei pornohistorias de mulheres que foram emcoxadas e deram o cu no metroconto erótico sequestrada e estuprada parte 5contos eróticos com beatasconto de incesto meu filho com o pinto machucadoadoro ser enrabada conto eroticoDiscar mãe e filha transando e gemendo de prazerContos eroticos de sogras coroas bem rabudasww xvideos gordinha fiudentaucontos primeiro boquete de uma cretecontos eroticos esposas desmascaradasyahoo relatos de no cu quem levou uma gozada dentro do cupau superdotados gozando na testa.da.buceta Grandecliente dando a buceta para os manobristasminha espoza uza caucinha enormixviseos morenas tatuadas di fildentalotoza dadacontos eiroticos leilapornfùdendo minha irmã gostosaruıva se mastu e goża muitoxvideo adoro ver pau emtradocavalo trepano na mulhe empurrdo a rola tudoContos de crentes peludasporno buseta sogra amarra jero na cama e caga na boca dele sexo caseiroEncoxada no riquinho no onibusConto erotico sou madura vadia e filhogreludas insaciável incesto contosdesde pequena prático zoofiliaescravo da esposa scatxvideo cazadas sendo comidas.por roludos cabessudosirma cassulinha dando mole xvideoEu brico no colo do papaicontos eiroticos leilapornconto casada chantageada pelo senhoriotirei a virgindade do meu irmão novinho contopedreiro comendo a filha da patroa e a patroa f****** com pedreiro e o Pedro comendo a filha e a mãeconto erotico "padre não é homem"ver video porno de rola grande e grosa pozisao macabravideos de porno gay amadores lancinho do pintorgozei na pica do cunhado do meu marido contosai meu cuzinho primo eu sou virgem nunca dei poha devaga doi moitoSo putinha chupando rolas de 16centimetroso porbaxo da saia detro do onibu