Minhas mulheres

Um conto erótico de carinho
Categoria: Homossexual
Data: 09/02/2019 20:22:49
Nota -

Era uma reunião familiar. Um primo próximo aproveitaria a ocasião para nos apresentar a nova namorada, como os parentes mais comunicativamente engajados já haviam nos informado.

Uma vez no local de confraternização, demos, de bom espírito, as boas-vindas a uma mulher jovem, loira, de olhos claros e sorriso sucinto, sendo, nas entrelinhas, expansivo. Se chamava Tereza, tinha recém-chegados 21 anos e era estagiária num escritório de advocacia.

Teve uma postura tímida, chegando ao nível de canhestra. De qualquer maneira, seu rosto alçava o sublime, transparecia um sexo visceral e, ao mesmo tempo, uma paz etérea.

Eu, não.

Sou uma mulher adulta, já com 27 anos, professora universitária, independente e solteira. Sou carrancuda, até mesmo feia. Meu rosto é contraído e impassível. Sei, porque meu reflexo diz.

Normalmente, nestes eventos familiares, há despojamento ilimitado, não obstante eu adote o comportamento sóbrio necessário às minhas funções.

Todos estavam tagarelando, num há muito conhecido estágio de ebriedade, quando o tema da conversa repentinamente se voltou ao trabalho. Logo um tio comentou:

- Tereza, tu tens uma companheira de curso! Olga é pós-graduada em Direito e trabalha como professora universitária – exclamou, num descontraído sobressalto. Eu sorri discretamente, e, percebendo o olhar irrefletido que Tereza me lançou, tracei com a mão um leve aceno.

Pela proximidade e pela intimidade construída como uma ponte, por meu tio, entre mim e Tereza, engatamos numa conversa um tanto informal sobre os rumos do nosso curso superior, sobre como cheguei ao meu atual cargo e sobre os encargos que esta formação traz consigo.

- Mas, veja, minha querida, o caminho é extenso, mas excitante. Tu tens um mar de possibilidades. Só precisa se dedicar a uma. – eu disse, ante a insegurança de minha nova conhecida. – Mas agora, se tu me deres licença, vou atrás dum pouco de café. Traz conforto.

- É claro! Acho que vou contigo. – adentramos a cozinha e seguimos falando a respeito de trabalho e Universidade.

- Olga, você poderia me dar o seu número de telefone? Seria bom conversar com alguém da minha área, com experiência...

- Podes anotar agora? Entendo completamente a tua necessidade. – já estávamos voltando a sala. Encerrei a conversa falando o número de telefone.

- Bom, o tempo que estive com vocês foi ótimo, como sempre o é. Agora, se me dão licença, preciso ir pra casa.

Dei um abraço em cada um dos presentes, incluindo Tereza, e assim fui-me pra casa.

Estava apressada. Uma aluna da Universidade com a qual eu tinha um relacionamento aberto, a minha querida Eloise, havia me convidado pra um encontro. Fui até minha casa, para o banho e o aprontamento. Uma vez arrumada, num vestido preto justo, pouco acima dos joelhos, fui ao encontro de Eloise, num bar alternativo nos arredores da cidade.

- olhe só! Como estás linda, professora! – dei um longo beijo na boca de minha aluna, enquanto ela firmemente segurava meu queixo.

- nosso reencontro é digno. Além do mais, estava com saudades desses beijos que só tu sabes dar, Eloise.

- me tens agora. Total e inteiramente. Bebamos em tributo à (nossa) noite! – nos sentamos numa mesa, mesclando letra e saliva, fincando palavras às nossas bocas, uma e outra vez, repetidamente. Num desses instantes, pergunto se ela atualmente está se envolvendo com mais alguém.

- sim. Lembras de Aline, com quem sento junto amiúde? Olga, tu tens que conhecê-la, se é que me compreendes! Os trejeitos brandos contrastam perfeitamente com o ar felino e fogoso que ela tem, quando está na minha cama. É a quintessência da impetuosidade, em momentos convenientes. – a descrição me fez pensar no dia em que conheci Eloise, feita às canhas, pura tal qual o campo onde nasceu e cresceu. A metamorfose tirou-lhe o ar de graça; e fez da donzela a mundana, entorpeceu a virtude e fez irradiar vício, mas com imponência. Que bela mulher!

- quero estar contigo. Agora. Na tua casa. – Eloise achou graça, mas concordou. Me deu um beijo carinhoso e partimos para sua casa a todo vapor.

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
10/02/2019 11:40:30
perfeitamente, Astrogilldo Kabeça.
10/02/2019 11:39:21
Pelo visto,terá continuidade,pois essa Tereza parece ser o ponto nevrálgico dessa história

Online porn video at mobile phone


videos de vei bruto no yotubeContos eroticos elacareca peladahumilhaçaocontoseroticoxvideos.com mae brincando com filho com malicia e acaba mobilecontos eroticos malv comendo as interesseiracontoseroticosvariasgosadasMorena espremida debaixo do negao x videos pornorsexo sujo contomarido sai e mulher transavcom sogrocontos eangelica enlouqueceu com linguadaquero ver vídeo de mulher se exibindo tirando a calcinha bem puxado para cima ficando só o montinhoxvideo nagao cumano novia sitioquero ver dois pauzudo de 90cm pegando uma casada e fazendo ela gritar e gemercifra o marido no banheiro com amigo dele levantou a saia e o amigo do marido meteu no cu dela vídeo pornô doidoquero os melhores contos eróticos de enteadas brigonas com fotosxxxxvedeo minha tia mi chama pra durmi mais elaContos eroticos de sexo com genrocomendo a urma novunha no banhocontos erotico meu filho me bateu e botou moralele colocou o cachorro pra me lamber contoContos eroticos sapatao machaose voce fizer sexo nova e depois so mais velha fazer o cabacinho fexacontos erotico crente submissaeu quero pornografia pornografia as meninas retada os cabelo achando tudo grandemorena sapeca capetinha XVídeosmistisinha alisando a bucetinha videoxvdeos brasilero irmãopornô zueira homem safadinho para botar a cabecinha empurrou tudo no rabo da donamulheresbucetudasdechortinhohmem do pau piqueno fodobuceta grandegostosas sexos contos amador fotos escritorioscontos eiroticos leilaporncontos de incesto dei pro meu sobrinhocontos anais + caminhoneiro enrabador da jeba grandexvideo fámuloBusca por contos de marido traindotransando com cachorro e vizinhocontovidros prno insetos fodendo mae emprensada coroas do sapsapsexo expkicito gratis exibindo cacetaocontos eiroticos leilaporncontos tia marta mete no raboconto erotico gay com padrasto velho coroa grisalhoconto gay dotado e virei meninaconto porno menor de idade mendigo me comeuanimal zoo cadela gritando na rola do dono pornincesto encostando a rola no priquito da irmazinha de per no quardowww.mulherpornocachorroxvidios buctas de movihascontos eroticos: sendo encoxada gostoso no onibus de mini-saia sem calcinhamulher da bunda grande d xorti curtocristiane dado abusrtacontos eroicos cachorra chupa paud homemcontos eiroticos leilapornContos mendiga pornocontos eiroticos leilapornCoroas ciririca zpcontos eroticos malv comendo as interesseiraso contos de ecestos e estruposnegao nao guenta e entra no quato. dais finha dormindohomem comendo novinha de quatro puxando pela cintura metendo a vara e g*************xvideo esyorando cabasoensinando minha enteada conduzir contos eroticoscio eirmao gemeo transandoe gozando na bocanovinhas deitada dentro de casa na cama com compasso de shortinho todo enfiadoconto erótico de manhã tomava seu mijoContos eroticos minha mulher me algemoupai tarado ia enfiar so a cabecinha mais enpurrou na bucetinha da filha virgenvideos de padrasto manda enteado provar cueca boxencostou a priminha no muro de sainha e meteu gostoso hdasogra lavando ropa e danu o raboporno grilo branquinho pequenocontoseroticos mulher lactante amamentandocontos eiroticos leilaporncontos eiroticos leilapornchegando e se masturbando na calcinha usadawww delexvidio comcontos erotico minha mae insistiu eu fazer nudismoencochando ate gosar ne onibus lotado xxvideosrabinhos e xoxotinhas arrombados por picas super grossa e cabeçudacontos eroticos madame bunduda submissa completaconfigurar permissões e Jadson aquele beijo que você me deucontos eróticos de presídiosela ficou amarrada por dois dias com uma bola no cucontos de sexomarido bebadopriminha inocente pegando no pinto do primo na frente de toda família sem eles veremsexo entre garotos de menor video caseirogeyAjudante de pedreiro dando a bunda grandemulher crente dando o cu pra dois pedreiro pauzudowww.xvideos- GAYZINHO loirinho.e gosta de dar somente uma chupadiha no peniz gigante ate gozar em um viadinho .comxvidio com ruiva de cabelo cacheada sutiao azulconto caralhudoXVídeos Kid Bengala comendo a mulher com a b***** e prensadamulher ficado vemelha de tato chupao