PAPAI NA CAMA E ENTRE MEUS TIOS – PARTE 1

Meses atrás, relatei minha primeira relação sexual com dois dos meus tios, (NA CAMA E ENTRE DOIS TIOS) e exatamente um ano depois foi a vez de papai, ficar na mesma cama e entre eles.

Como na época eu estava iniciando minha vida sexual e ainda não tinha me envolvido sexualmente com papai, meus tios acharam melhor não me contar nada. E só me contaram tal safadeza com riqueza de detalhes há alguns dias, porque além de estarem louquinhos para repetir a dose, querem minha ajuda para conseguir ter papai entre eles novamente.

Como achei a putaria do trio muito excitante, resolvi relatá-la pra vocês, com todas os pontos e virgulas. Espero que gostem, tanto quanto eu. Boa leitura a todos!

Exatamente um ano depois que meus tios me curraram, mais uma vez, eu mamãe e papai fomos passar o final de ano na fazenda de vovô e pra variar, chegamos a noite e encontramos a casa lotada de parentes, mas como sempre era vovô que definia previamente em qual quarto ficaríamos, nem bem acabamos de chegar e vovó, não só nos colocou a par da decisão do coroa, como também questão de nos acompanhar até a porta dos quartos escolhidos pra nós.

Eu, tio Geraldão, tio Ademar, tio Orlando e tio Gilson ficamos no mesmo quarto, mamãe e mais quatro tias minhas, ficaram em outro e papai muito sortudo, ficou só com tio Edilson e tio Jorge no quarto deles, melhor dizendo “ENTRE ELES”.

Como o método que eles usaram comigo (apagar a lamparina e contar casos de assombração), deu mais do que certo, eles resolveram usá-lo com papai também.

Como no quarto deles haviam duas camas, exatamente como eu, papai ficou com a cama de solteiro e eles com a de casal e logo depois que papai tomou banhou e deitou, os danadinhos apagaram a lamparina e no maior breu, começaram a assustar papai com suas horripilantes histórias de terror e como papai era ainda mais impressionável do que eu, rapidinho o pavor tomou conta de todo seu corpo.

- Precisámos rezar bastante, viu Edilson? Estou com muito medo do espírito amaldiçoado da Diolinda, que só aparece no escuro, fazer conosco a mesma coisa que ela fez com os irmãos Rodrigues.

- Nem me fale, viu Jorge? Estou com um forte pressentimento que já, já o espirito demoníaco e canibal dela vai se materializar bem na nossa frente, viu mano?

- Se ela só se materializar está muito bom, Edilson. O pior é se ela resolver fazer conosco a mesma coisa que faz com todo mundo. Nos retalhar com suas unhas até ficarmos em pedaços e depois devorar nossas cabeças.

- ESPERE, MANO! Está ouvindo um barulho na janela?

Nesse momento papai que já estava com a boca sequíssima e tremendo sem parar, não aguentou, pulou pra cama dos dois sacanas e pediu arrêgo:

- Pelo amor de Deus cunhados, me deixa dormir com vocês, porque do jeito que sou azarado, serei o único a ser mutilado e devorado por essa entidade maligna.

- Claro que deixamos, cunhado. Se tem o pé tão frio como está dizendo, acho melhor você não se desgrudar da gente e ficar torcendo pra ela não entrar, porque estou desconfiado que quem está fazendo esse barulho na janela, é a própria. Chega mais e deita de ladinho no meio de nós dois, para protegermos você melhor, Rodolfo.

Nem reposta papai deu, num só movimento ele se enfiou debaixo do cobertor, grudou nos meus tios e cobriu a cabeça para se proteger ainda mais da “famigerada” Diolinda.

Claro que na maior rapidez e agilidade, meus tios tarados não só começaram a atacar papai, como pouco tempo depois foram atacados por ele. A putaria do trio começou efetivamente depois da pergunta que papai fez à Tio Edilson, com a franqueza que lhe é peculiar:

- Me responda uma coisa, Edilson, estou enganado, ou seu pau está duro?

- Não cunhado. Não está enganado, não. De fato o bicho está bem duro mesmo, viu?

- E porquê você não para de esfregá-lo na minha bunda, Edilson?

- Que cabeça mais esquecida essa minha, viu cunhado? Esqueci de te contar o drama que estou vivendo, rapaz. Ontem fui ao curral alimentar o gado, acabei dando uma bela cochilada por lá e quando acordei estava todo picado de carrapatos e depois disso não consigo parar de me coçar de jeito nenhum. Sentiu? Pois é, devido a essas malditas picadas, ao me coçar involuntariamente, meu pau acaba se esfregando na sua bunda. Mas fique a vontade pra voltar pra cama de solteiro, a hora que desejar, para meu caralho não incomodá-lo mais, viu cunhado?

- Quê isso, Edilson? Quem deve e precisa ficar a vontade é você. Pode se coçar e esfregar seu pau, acidentalmente na minha bunda sem receio nenhum, cunhado. Pra ser sincero estou gostando pra caralho de ser esfregado na bunda pelo seu pau, sabia rapaz?

- Sério, cara? Está gostando tanto assim, Rodolfo?

- Seríssimo cunhado! Pra ser mais preciso, não estou gostando, estou adorando, Edilson.

- Não só lhe agradeço, como vou retribuir-lhe a gentileza viu cunhado? Se fizer exatamente o que lhe disser pra fazer, garanto que ao invés de adorar, você vai é amar ter seu cu esfregado pelo meu pau.

- Boa, cunhado! Com certeza, vou cumprir suas orientações risca. Manda bala, Edilson.

- Muito bem! o que vai fazer é mais fácil que respirar, cunhadão! Tire seu pijama, empine sua bunda e relaxe. O resto é comigo, certo?

- Pronto, cara! Solicitação atendida. Pelado, relaxado e de bunda empinada pra você, Edilson. E você Jorge? Vai só bater punheta, cara?

- Claro que não! Estou contando contigo, pra repetir comigo, tudo que meu mano fizer contigo, Rodolfo!

- Beleza, cara! Basta tirar a roupa, empinar e encostar sua bunda no meu caralho, relaxar e deixar o resto comigo, como me disse seu irmão.

- Repetindo suas palavras, solicitação atendida. Pelado, relaxado e de bunda empinada pra você, Rodolfo. Manda brasa, “véi”.

- Excelente, Jorge! Agora só precisamos aguardar seu irmão ... HUUUMMM.. !!! ISSSCHSSS... !!! AAAIIII... !!!

E conforme combinado, tudo que Edilson fazia com Rodolfo, ele repetia com Jorge, que sentindo tanto ou mais prazer que Rodolfo, também urrava e gemia sem parar.

- Aaaaiii... !!! Aaaiiii...!!! Ai..., ai..., aaaiiii, meu cuuuu... !!! Delícia cunhado... !!! Huummm... !!!

- “Tá” gostoso, Rodolfinho? “Tá Dolfinho”? Responde pro seu cunhadinho, delícia. Está gostando, adorando ou amando a esfregada que está tomando no seu rabinho?

- Issschsss...!!! Estou amando! Mas se você beijar minha boca, vou amar mais ainda, Edilson.

- Só se for agora, Rodolfo! Vira o rosto pra cá e dá essa delicia de boca pro cunhado beijar, tesão.

- Que delícia de beijo! Também vou querer, machos?

Depois que eles muito se beijaram, tio Jorge pediu pro papai se virar.

- Cunhadinho, que tal virar seu traseiro pra cá agora? Edilson já usou, abusou e se lambuzou com ele.

- Não precisa reclamar assim, Jorginho! Está vendo? Virei a bunda pra você! Fique a vontade para esfregar seu caralhão nela, tanto quanto seu irmão, que agora vai virar o rabinho dele pra mim. Não vai, “Dilsinho”?

- Com o maior prazer, cunhado! Assim está bom pra você, “Dolfinh..? Aaaiiiii, guloso... !!! Não perdeu tempo, né benzinho? Issschhssss... !!!

E a putaria do trio foi só esquentando. Do esfrega-esfrega eles passaram pros cunetes.

- Como você prometeu atender todos os nosso desejos na cama, a primeira coisa que queremos, é chupar seu cuzinho.

- Aaaaiiii... !!! Huuummm.. !!! Que delícia, cunhados! Não vejo a hora de ganhar linguada no cu, machos! Issscchhhssss... !!! Querem chupá-lo ao mesmo tempo? Ou um de cada vez, cunhadinhos?

- Com certeza, um de cada vez. Vamos nos revezar de acordo com seus movimentos, quando você virar a bunda pra mim, cairei de boca nela, quando virá-la pro Jorge ele meterá a língua nela. Combinado, cunhadinho? Pra quem vai virar seu traseiro primeiro, Dolfinho? Pra mim, ou pro Jorge?

- Tirem par ou ímpar, machos. Jorge, par e Edilson, impar. Um, dois, três..., já... !!! Oito! Vem Jorge... !!! Vem chupar meu cu, macho.

CONTINUA ...

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
11/02/2019 00:13:15
UAUUUU. MUITO BOM. MESMO. TRIO PARADA DURA.

Online porn video at mobile phone


kaon contosconto erotico gay viado submisso vira femea do negaomulher ve cara batendo punhwta e pede pa chupar e beberinistiu e comeu a gata ba moto ela gemia muito e posto na netcontos eiroticos leilapornumbanda xvideohomen batendo punheta nbanho e gemendo gostosoAguentei a rola enorme do papai contos eróticosvídeo de mulher de quatro e o homem com a pomba bem grandona de 10m no fundo na buceta da mulher e mulher gritandocirleia bucetudanegao com pica enorme assusta em despedida de solteiroContos eroticos feitiço virando mulherO verdadeiro marido Corno . . . Simplemente adora lamber o clitoris da esposa . . . Enquanto o amante dela enche sua buceta de Porradois negao dt realisa fantasia de uma mulher casada boa fodabuceta gostosa mulhe gosano grilo gradeespozinha fica bricando com amigo do marido e leva no buceta pica peta gigante e gene de dorcontos eróticos dermatologistas safadasMulher foi com seu pai para o sitio faze uma faxina vio o cavalo dela e levou ele para o celeiro para da a buceta a eleporno nuhers sen lenitexvidio pasto chupando abucwtacorno prefere se masturbarNego en acao fudeno virje xvcontos cnn gay soquei no cuzinho de dois garotos no sinaldois paus no cu do viadopornodoidonegao de 17 cetrimetro em purando na novinhacontos eroticos com velhosconto cachorro comendo a donacontos meu sogromae e tia na piscina contosprima novinha sarra a bunda na rola do primo e a feridachantagiei e comi o viadinho magrinho contosbussetas cuspindo porraConto comi minha irmãConto erotico esposa foi n massagostanovinna perdeno. a virgindadecontos eroticos foi dar o troco no maridao mas se deu mal grupalwww.xvideo penis realístico 18x4contos femdom spankContos eroticos incesto com titias e crentesacoxano as mulhe nu medou psu.di voramorna jemendo goistozo no pal xv pornocontovporno com fotos reletos de chifresmarido recuza amulhe gostoza e la fode com vizinhoContos eroticos , o sobrinho do meu maridocontos erotico meu pai tem o pau iguau d um cavalo e mi fudeueu sou solteira eu raspei minha buceta eu fui me encontrar com o marido lindo da minha amiga eu entrei no seu carro ele me levou pro motel eu e ele dentro do quarto eu dei um abraço nele eu dei um beijo na boca dele eu tirei minha roupa eu deitei na cama ele chupou meu peito ele disse pra mim sua buceta raspadinha e linda ele começou a chupar minha buceta eu gozei na boca dele eu peguei no seu pau eu disse pra ele você tem um pauzao eu chupei seu pau eu fiz um 69 com ele eu sentei em cima do pau dele eu rebolava no pau dele eu gozei ele começou a fuder minha buceta eu de frango assado eu gozei eu fiquei de quatro ele começou a fuder minha buceta eu gozei eu disse pra ele fode meu cu ele meteu sua língua no meu cu ele começou a fuder meu cu ele gozo dentro do meu cu ele disse pra mim agora você vai ser minha amante conto eróticoconto porno felipe e guilherme amor em londresesse cachorro foi preparado para fuder buceta de mulherxxxvidos buchechinhasimagens de pica de cavalo atolado em buceta de mulherescenas de mulher com medo de pau gigandesexo xvideos anal tomou um porradãoConto erotico gay na balada gls dei para doiscontos eiroticos leilapornhomens cumendo cadelasgrisanho centa na rrola gayvideo gay sinhozinho. comendo o chicote do escravox ezibisao de conas frescascontos eroticos injeçaopadrasto sodomitaconto de meninas sendo aronbadas por pauzudos e chorando muitosou casada mas sinto vontade de meter com um negao pissudozoofilia cachorro fica engatado na nistaconto bdsm usadavideos de sexo pratoa pegado a enpegada batedo uma xiriricapornodoidoincestomaeaprendendo a ser puta no tapa/contoscontos eroticos neta libera o c pro vovtitia sacana estourando a fimose do sobrinhoirma esta lendo livro começei a lisar ela ate comer o rabo dela porno19 anos contos gaysvadia casada dano d quatro q bagunca todo cabelo safada xvideosé só sorriso da b***** dentro do ônibus e não percebe pornôxvideo irma de shortinho desabotoadomorenas gordinha peladasei ver o rostoporno cazeiro cunhada nao aguentou cu cunhado paugrande de São Paulo xvideo. com