Quando a paixão cega a razão 23

Um conto erótico de Porteiro solitário
Categoria: Homossexual
Data: 11/07/2019 03:05:28
Nota 9.67

Os meses se passaram, nós em harmonia e paz, convivendo com nossas diferenças, porém felizes.

O casamento de Leonardo estava próximo, sempre achei que minha ex era chata para comprar um calçado, ela rodava o shopping umas três vezes para encontrar o que ela gostava, só que Mário é muito pior que minha ex,não rodamos três vezes o shopping, rodamos três vezes, três shoppings para ele achar um sapato que ele usaria no casamento, eu já não aguentava mais.

Enfim chegou o dia do casamento de Leonardo, eu estava nervoso, porém Mário estava pior, não conseguia dar o nó da gravata, e ele tinha que me deixar na igreja e ir buscar meu filho, mas enfim tudo deu certo, não é porque sou casado com ele, mas Mário estava lindo no altar, vestido todo de preto, pois era assim a roupa dos padrinhos, ele se destacava dos demais.

A cerimônia foi linda,simples porem linda, depois fomos para a festa, vi muita gente perguntar porque Leonardo entrou com Mário e não comigo na igreja, para todos Leonardo dava a mesma resposta, que Mário era um grande amigo dele e ele fez questão de Mário levar ele até o altar, na festa descobri que Mário era um belo dançarino,até minha ex tirou ele para dançar,saímos da festa quase no final, Mário tinha um presente para os noivos, deu para eles a viagem completa de lua de mel, com passagens e hospedagens pagas, tanto Leonardo como sua esposa, agradeceram bastante pelo presente, nos despedimos e fomos embora.

_ Ufa, enfim casa, não aguento mais ficar com essa roupa.

_ Eu também, meus pés estão latejando.

_ Também, dançou quase a festa toda,não sabia que casei com um bailarino.

_ Só não dancei com vc meu querido.

_ Sorte sua, se não seus pés estariam inchados de tanto eu pisar, dança nunca foi meu forte, até tentei aprender, mas não teve jeito.

_ Mas vc dança sim, e como dança bem, remechendo essa bunda,pôde ir tomar banho, vou ficar aqui deitado um pouco, hoje foi exaustivo o dia.

_ Foi mesmo, mas pela felicidade do meu filho, valeu a pena todo esse cansasso.

_ Isso sem dúvidas.

_ Semana que vem, tem a despedida do Leandro,outra sessão de choradeira.

_ Bom que essa choradeira é por alegrias, então vale a pena derramar um pouco de lágrimas.

Terminei meu banho, depois ele foi, e dormimos, estávamos exaustos, a semana correu perfeita, chegou o dia da despedida do Leandro, fizemos um almoço com nós e alguns amigos dele, Leandro viajaria na madrugada do dia seguinte, eu levaria ele ao aeroporto,então fomos embora para mais tarde ir busca_lo, foi todos, eu e o Mário, minha ex com Leonardo e sua esposa, mais uma sessão de choradeira na despedida, ficamos até o avião decolar, na volta paramos para tomar um café, depois cada um seguiu seu caminho.

_ Meu moleque criou asas, tô com sensação que ele não volta mais.

_ Ele tá construindo a vida dele Fábio, se for melhor ele ficar por lá, vcs têm que aceitar e dar apoio.

_ Com certeza lindo, é que ver um filho partindo, deixa um vazio, mesmo que seja para o melhor para ele.

_ Eu entendo vc, mas se ele resolver ficar por lá, a gente vai visitar ele, aí vcs matam a saudade.

_ Isso com certeza, não vou aguentar ficar muito tempo sem ver meu moleque, e a mãe dele também.

_ Pronto, quando formos, ela também vai, tá resolvido.

Chegamos em casa, descansamos um pouco, a noite demos uma saída, Mário tinha marcado com uns amigos de se encontrar num bar,depois combinamos desses amigos irem em casa no outro final de semana para almoçar com a gente,não tinha que reclamar da minha vida com o Mário,tínhamos nossas discussões, mas nada que não ficasse sentimento um com o outro, o almoço com os amigos foi muito bom, muita conversa e risada o dia todo, à tão esperada aposentadoria dele saiu, o pessoal da agência que ele trabalhava fez uma linda surpresa para ele de despedida.

_ Agora, só sombra e água fresca meu querido, nada de acordar cedo, hora marcada, reuniões,quero aproveitar o máximo minha aposentadoria com vc.

_ Até que enfim lindo, vc merece descansar bastante, sei bem como é o que vc tá falando, também passei por tudo isso,quando saiu a minha, falei igual vc.

_ Agora só vou planejar o meu dinheiro, fazer render mais para poder usar sem me preocupar.

Estávamos conversando quando meu celular toca, era a mãe do Ed, deixei no viva vóz para Mário ouvir a conversa.

_ Oi Fábio, desculpa incomodar vc.

_ Imagina, não é incômodo nenhum, pôde falar.

_ Fico sem graça, mas não tenho outra pessoa para falar.

_ Então fale, estou ouvindo.

_ É que com o Ed na cadeia, estamos passando por dificuldades, meu velho recebe um salário mínimo,mal da para o gasto de casa, nossa família mora tudo no norte, os parentes de segundo grau que mora aqui era um pouco afastado da gente, e depois que ficaram sabendo que o Ed está preso, se afastaram de vez, nem atende minhas ligações,não quero dinheiro seu, queria saber se vc não sabe de alguma pessoa que precise de uma doméstica para indicar eu.

_ Poxa não sei no momento, mas assim que souber eu ligo para você.

_ Te agradeço de coração, muito obrigado.

Antes dela desligar, Mário mandou pegar o endereço dela, anotei depois desligamos.

_ Para que vc pediu o endereço dela?

_ Ed sempre me falou que ele sustentava seus pais, agora ele preso, quem vai ajudar esses coitados, o filho da puta fez merda e levou os pais juntos, vamos ver o que dá para fazer por eles.

No dia seguinte, fomos até o endereço, era num bairro bom, a casa boa também, só precisava de uma reforma, assim que chegamos, vimos ela no quintal, quando nos viu ficou toda sem graça,convidando a gente para entrar.

_ Bom dia, viemos aqui para ver como podemos ajudar vc e seu marido.

_ Não precisava se preocupar, a gente tá se virando aqui.

_ Vamos no mercado com a gente.

Ela disse que não precisava, mas Mário insistiu, deu para perceber que ela estava com vergonha, mas acabou aceitando,no mercado fizemos uma boa compra com tudo que ela precisava, mesmo ela dizendo que estava bom, para não comprar muita coisa,colocamos tudo no carro e voltamos para casa dela, e lá tivemos outra conversa.

_ Conheço o Ed, à mais tempo que o Fábio, infelizmente ele seguiu caminho errado e tá pagando por isso, e vcs também, Ed sempre me falou que ele sustentava vcs, só que agora tanto preso não tem como fazer isso, nós dois vamos ajudar vcs todo mês, vindo trazer uma compra para vcs,esse é o único meio de ajudar.

Ela chorava,e ao mesmo tempo agradecia, foi de cortar o coração vendo aquela senhora sofrendo por causa do filho sem juízo,nos despedimos e fomos embora, tristes por ver uma mãe sofrendo, chegamos em casa arrasados.

Mantemos o compromisso, e todos os meses levamos a compra para ela, no seu aniversário, levamos ela e o marido para almoçar fora, compramos presentes, acabamos pegando um grande carinho por eles.

O tempo passou, meu neto nasceu, Leandro como eu já sabia, se deu bem lá fora e resolveu morar lá, passados quase dois anos que Ed estava preso, bateram palmas em nosso portão.

_ Tá esperando alguém?

_ Eu não, vou ver quem é meu querido.

_ Vc aqui não cara, vai embora por favor, deixa a gente em paz cara.

Não poderia ser, Ed outra vez atrás de nós.

_ Vim em paz, preciso falar com vcs, por favor, deixa eu entrar ou então falem comigo aqui mesmo na calçada.

_ Tudo bem cara, vou abrir o portão.

Mario abriu o portão, quando Ed entrou não acreditei no que vi, aquele homem bonito, corpo atlético, estava acabado, magro aparência cansada, aparentava estar doente.

_ Senta aí, e fala que vc tem para falar.

_ Sei que fiz merda, atrapalhei muito vcs,mas vim aqui para agradecer tudo que estam fazendo pelos meus pais, quando toda família virou as costas por minha causa, vcs apareceram para ajudar eles, essa vai ser uma dívida que nunca vou poder pagar para vcs.

_ Paga ela, mudando de vida agora que vc tá livre, que passou o que passou na cadeia, paga ela ajudando seus pais que são pessoas maravilhosas, honestas,sei que vai ser difícil, mas volta ser o cara que vc era quando a gente se conheceu, saí dessa vida de drogas, arrume alguém e respeite esse alguém quando vc arrumar, é isso que vc têm que fazer Ed, confesso que vc fez eu odiar vc por tudo que vc fez ao Fábio,mas desejo de verdade que vc consiga vencer novamente na vida.

Ed ouvia Mário, com a cabeça baixa e chorando.

_ Vcs foram meus únicos amigos verdadeiro que eu tive, e infelizmente consegui perder a amizade de vcs, os outros eram só amigos de foda e de pó, não vou pedir a amizade de vcs novamente, até porque depois do que eu fiz não mereço isso, mas acreditem, vcs serão para mim sempre meus melhores amigos,agora deixa eu ir, se não minha mãe vai ficar preocupada, falei que não ia demorar.

_ Vc já cumpriu sua pena?

_ Não, estou em liberdade assistida, vou cumprir o restante solto.

_ Então se cuida cara, foge dos amigos de pó como vc falou, faça tudo para não entrar em roubada outra vez, pense em seus pais, eles só tem vc, e vc só tem eles,e a gente vai continuar ajudando todo mês com a compra.

Eu não conseguia dizer nada, só olhava sem acreditar que aquele era o Ed, estava com um nó na garganta segurando para não chorar, nó esseque foi desfeito quando ele se levantou para ir embora e pediu um abraço de nós dois, Mário também estava se segurando, quando abracei o Ed, não consegui segurar e comecei chorar junto com ele,Mário também chorou.

_ Obrigado por tudo que vc me fez ursao, me perdoe por tudo que fiz para vc e para o Mário.

_ Te perdoo sim Ed, se cuida rapaz, vc é novo, ainda da tempo de recuperar tudo.

Ele foi embora.

_ Nossa Fábio, é outra pessoa, não é o Ed.

_ Acabado, magro, aparência de doente.

_ Não sei porque, mas senti que ele foi verdadeiro.

_ Eu também senti lindo, espero que ele lembre de tudo que vc falou.

_ Assim espero, tem que ser muito idiota para aprontar outra vez.

Essa foi a última vez que vimos Ed, a gente levava a compra na sua casa, porém ele nunca estava, sua mãe nos falou que ele tinha conseguido um emprego numa transportadora e viajava muito.

Eu e Mário felizes e realizados, viajamos para visitar meu filho,aproveitamos e fomos conhecer um pouco da Europa,minha ex arrumou um coroa, indo morar com ele e deixando a casa para o Leonardo.

Hoje eu e Mário comemorarmos três decadas juntos, velhos porem felizes, quanto ao Ed, a última notícia que tivemos, é que cumpriu a pena, que no trabalho conheceu um caminhoneiro e foi morar com ele,sua mãe infelizmente faleceu e um ano depois seu pai também, nunca mais tivemos notícias ou vimos ele.

Enfim, depois de muitos trancos e barrancos a vida tratou de acertar tudo como deveria ser.

Obrigado à todos comentários, tanto elogios como as críticas, e logo terá mais conto para vcs lerem e comentarem.

Abraço para todos do porteiro solitário.

FIM.

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
12/07/2019 10:36:24
Sou passivo tenho 52 anos Estou a procura de um companheiro ativo Pra mora junto, não curto versátil ativo E você... ou quem mora na ZS de São Paulo Email Skype eddie
12/07/2019 08:59:24
Digno esse final. E a vida continua no eixo quando o amor é mola mestra... Parabéns Porteiro Solitário.
12/07/2019 07:34:06
Demais como sempre pena já ter acabado
11/07/2019 08:50:20
QUE FINAL DELICIOSO
11/07/2019 03:37:15
UM FINAL COM REDENÇÃO. INTERESSANTE APESAR DE NÃO TER ACREDITADO NAS PALAVRAS DO ED. NÃO CONSIGO PERDOAR. RSSSSSSSSSSSSSSS MAS VOCÊS PARECE QUE SIM. TB ACHO QUE VOCÊS NÃO DEVERIAM TER AJUDADO A FAMÍLIA DO ED. MAS CREIO QUE FIZERAM BEM. A CONSCIÊNCIA DEVE ESTAR TRANQUILA. PARABÉNS. FOI UM CAPÍTULO CURTO PARA UM FINAL. CORRIDO UM POUCO.

Online porn video at mobile phone


contos real casada timida 1 vez no cinema pornovizinha Ritinha gemendo bem alto na minha varaempregada safadinha Fátimaporno filla brasileira grita e fala pai vo goza mas ele goza com elacontos eroticos, dou cu pra meu filhoContos eroticos van escolarcontos gay afeminadoscavalo penetra na buceta fotosxvideos Marquinhos picudo fudeu a novinhaconto erótico gay com o Batorépornodoido chupando.teta da netinharoselena insaciávelnovinha dano para o sogro o cu e leva gosadacontos heroticos amigos do meu marido estou um pouquinho acima do peso mais sou sexeConto erotico porteiro roludo bisexualcontos erotcos incesto gozeino cu de mamae e maninhaxvideos Marquinhos picudo fudeu a novinhacontos rapais cnta como transou com a sograconto de mulher casada batendo ciririca com pepinoconto. andando de moto taxi. comi o cu de uma menina rabudasogra quero seu cu e gosando na sua boca Fui encoxada e iniciada por um roludoxisvedeo asalto loja ponopoxou a calcinha da gostosa fudeu com o dedo xvidiocolocou viagra no suco do irmão so para fuder com ele sexo gay xvideosconto erotico mae e filho bunda parte 3Sou coroa casada os mulekes rasgaram minha calcinhamulher transando na subida do Ilha Porchat São VicenteComi meu tio macho virgem no motel contos com fotosxvideo Mamae mw pegou me masturbando e me chupou ate gosar na boca delaMeu marido viu meu cu todo arrombadox video subrinhaolhando o titio roludosogra porno Eça a dormircontos eroticos sendo arrombada por dois machos que chupam gostoso minhas tetasconto eroticos. quando era mais nova. eu era uma putinhaputa amigos whats conto eroticocontos eroticos malv comendo as interesseiramaldiçao da clareira da cadelafiho nervozo desconta na mae putariabrasileirapicao no cu arma na cabeça xvideoshttp://zdorovsreda.ru/texto/201103701novinha amadora ruivinha con fio dental transparente fudendo cpm pica de21 centimetros toda gosadaconto erotico mendiga novinhaConto gay viagem Onibus leitonegao fudendo engenheiro na obracontos eiroticos leilaporncorno que nao da mais no couro humilhado pela esposa vadia contos eroticosContos erotic eunovinha escondida vendo irmao menor se mastubandoConto picante com vizinho velhocontos.eróticos gay vestido de putinha pro negro da rola grossa e cabeçuda me arrombou e virei sua esposa exvıdeos porno novınhas do paex videos maranesse bucetudascontos eróticos meu irmão pediu pra mim conpra umas coisinhas pra elenegão barbarizou a novinha de bruçosmulher casada gritando espetada no cacete do taradofoto de mule mo penuacao nuax vidio comtos eroticos flaguei mamãe econtos eroticos sentei no colo do pirralhonovinha dano para o sogro o cu e leva gosadaCaso narração em zofilia quem alguma mulher qui transou com cachorros grandes me narra como foi ?ad bucetad mais petfeitas do mundonovinha do zap si ezibindo de calcinhaMENiNO TIRAN DO OCHORTESincesto lendo no colo do papaiwww.xvideos- GAYZINHO loirinho.e gosta de dar somente uma chupadiha no peniz gigante ate gozar em um viadinho .comsogra gostosa deu pro genro na reuniao de familiaChinguei minha sobrinha de vagabunda ea visinha dabaixar XVídeos novinha não aguenta com rola grossa escreve desmaiando chorando implorandowww sexo adulto 18 anos sem preconceito so com cavalos metendo forte na novinha magrinha forsada.zoofilia.porno . com brcontos eiroticos leilapornpadrasto fica louco quando era antiga das Calcinhaseu e meu irmao fomos brincar de medico pornodoidohomem fudendendo a vizinha e de repente sua mulher chegaresta italianinha novinha fode muinto porno gratisConto gay policial fodido pelo marginalfilha fodendo com pai na excursaoeu gostaria de ver a mulher o cavalo dando chuchadaconto erotico meu primo me enganou e comeu meu cuvilma levando rola do barneieu quero o homem e a mulher fazendo sexo e daí o homem coloca guspe e daí daí vídeocontos eroticos gratis transformei minha esposa em uma putacontos bi vi meu pri meter na prinha prima fiz ele comer meu cu e eu fudi elácontos eroticos tomei tudinho a porra do meu cunhadocontos eróticos comi a mulher do cracudo